Boca seca e pele rachada! veja como ficam as temperaturas até o fim do mês.

BEBA ÁGUA!!! Calor e baixa umidade deve continuar! é a seca que chegou, e chegou pra valer! Veja a previsão do tempo para nossa cidade durante todo o mês de Julho.

Anúncios

Pokémon GO, o jogo que está tirando as pessoas de dentro de casa e causando acidentes.

Pokémon GO faz você sair de casa e ir atrás dos diferentes monstrinhos digitais que o mundo tem a oferecer, e você pode fazer isso caminhando, ou de carro, mas talvez não seja uma boa ideia fazer isso enquanto você é o motorista.
Um jovem de 28 anos em Auburn, Nova York, não seguiu esse conselho e acabou sofrendo um acidente de carro enquanto jogava Pokémon GO. Ao que tudo indica, esse é o primeiro acidente automobilístico causado pelo jogo.


Felizmente, o jovem sobreviveu à batida e encontra-se bem, mas acabou sofrendo cortes em ambas as pernas, e praticamente destruiu completamente o carro dele, como você pode conferir na foto baixo:


De acordo com a polícia, o condutor do veículo admitiu estar jogando Pokémon GO enquanto dirigia, e isso acabou fazendo-o distrair-se, sair da pista e bater numa árvore.


Obviamente, você não deveria usar o celular enquanto dirige, e deveria prestar mais atenção à tela inicial do jogo, que fala para você prestar atenção nos arredores

Pokémon GO já está disponível para iOS e Android nos EUA, Austrália, Nova Zelândia e Alemanha. O jogo ainda não tem uma previsão de lançamento no Brasil.


Acidente entre ônibus e caminhão deixa o trânsito complicado nesta manhã na Epia Norte.

​ACIDENTE: Uma carreta bateu em um ônibus da Piracicabana, na BR 020, em Brasília, próximo ao córrego do torno, na manhã desta quinta-feira (14). As equipes de resgate tiveram que interditar parcialmente a via para atender às vítimas. Em nota, a Piracicabana informou que está enviando equipes ao local do acidente e aos hospitais para prestarem apoio aos feridos. O trânsito já começa a seguir normalmemte mas lento na descida do Colorado. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, dez vítimas foram transportadas para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) e para o Hospital Regional de Sobradinho (HRS). Elas apresentavam dores generalizadas, na cervical e nos membros superiores.

De acordo com o major Lourival Correia, a carreta não conseguiu fazer a frenagem total e colidiu na traseira do coletivo.

O congestionamento começa na altura da BR-02. A DF-001 é uma alternativa para fugir do engarrafamento.  Fonte/imagem: Internet

Carro pega fogo na QD. 02 Norte, a suspeita é que tenha sido criminoso.

Hoje por volta das 01:00, um veículo estava em chamas em uma avenida na Quadra 02 Norte, os bombeiros foram até o local mas o carro já havia sido consumido pelo fogo. O veículo era velho do modelo ‘Tempra’. Segundo informações, o carro estava na oficina para ser concertado, prejuízo para o dono.

Veja o vídeo: https://youtu.be/yX_5GQ1Agjc

Ajuda financeira prometida pelo prefeito nunca chega para clubes amadores.

“Há cerca de 03 meses o Prefeito em uma reuniao com os donos de equipes que disputam os campeonatos Amadores da cidade, Primeira e Segunda divisao, foi prometido uma ajuda financeira aos clubes, pois são eles que bancam as competições, gastos com arbitragem, premiação fora os gastos com seus clubes, feito todo o protocolo, projeto sancionado pela Câmara Municipal, certidões entregues, nosso campeonato ja teve que ser adiado duas vezes pela nao liberação do dinheiro, e hoje na prefeitura nos disseram que nao tem nenhuma previsão de quando ira sair. Parabéns senhor Prefeito pelo compromisso firmado com mais de 1.500 atletas que todos os domingos estao nos quatro cantos da cidade procurando uma forma de entretenimento, infelizmente acreditamos que agora alguem nos ajudaria, que alguem diferente estava a frente da cidade olhando por todos os setores, mais uma vez ficamos no sonho…”

Ponte do Rio cocal precisa de manutenção, seguidor relata descaso; Veja o vídeo.

Ao nosso jornal, ele escreveu: “Olhem a situação da ponte do Rio cocal, GO 430. Por ela passam ônibus escolares, ônibus que liga Plan GO a Água Fria /Mato Seco, caminhões, enfim está caído aos pedaços literalmente.”. 

No mês passado a ponte que da acesso ao Córrego rico caiu após um caminhão passar sobre ela. A ponte tem tráfego intenso, e moradores cobram uma ponte de concreto para garantir a segurança de quem trafega pela região.


Veja o vídeo: https://youtu.be/56vH3E4heuE

Nova empresa de ônibus em Planaltina Goiás deve ter tarifas á R$5,00

De acordo com uma página de um pré-candidato a prefeito de Planaltina Goiás, serão 50 veículos, chegaram os primeiros 15 na cidade. Não se sabe quando eles irão operar.

Na QD.11 Oeste, moradores fizeram protesto diferente contra sujeira em local.

No facebook, um internauta publicou: “Olha só o que um cidadão aqui de Planaltina de Goiás, teve que fazer para tentar conscientizar os vizinhos do seu bairro a não jogarem entulhos ao redor da quadra de esportes da QD 11 Oeste. Só este ano a prefeitura já fez 4 limpezas no mesmo local, e mesmo assim ainda existe cidadão que prefere conviver com o lixo em meio a ratos e pragas. #acordaplanaltina”.

Lixo acumulado, poluição e abandono no parque ecológico.

Moradores afirmam que a causa do dano ambiental é a obra para instalação da rede de esgoto na cidade, iniciada no fim do ano passado pela Prefeitura Municipal.

A denúncia aponta ainda que a rede de água pluvial deságua sem nenhum tratamento no canal da nascente do Rio Maranhão, localizada dentro do parque, poluindo a principal fonte de água, responsável por abastecer a cidade e as chácaras ao redor. 


“As máquinas derrubaram tudo, deixando toda a sujeira para trás. Destruíram a vegetação e instalaram as caixas de esgoto dentro do parque sem o menor cuidado com o que poderia acontecer. As árvores que protegiam a nascente foram arrancadas. Dá dó de ver”, afirma o estudante Leonardo Marçal, 21 anos.


Lazer:

Apesar do descuido e da sujeira, o parque é uma das poucas áreas de lazer da cidade. O local é utilizado pela população para a realização de atividades ao ar livre, lazer prática de esportes. Entretanto, os moradores afirmam não saber até quando será possível acessar o local.


“Antes, pegávamos água direto da nascente para levar para casa. Com essa poluição, não temos condição alguma de realizar essa tarefa. Sem contar que, se não tomarem providências, daqui há alguns dias ninguém consegue transitar no parque por conta do excesso de lixo e do mau cheiro”, ressalta Marcilda Soares, moradora da cidade há 30 anos.


Versão oficial:

Procurado pelo Jornal para responder aos questionamentos, o administrador do parque, Thiago Rodrigues Fernandes, conhecido na região pelo apelido de Thiaguinho, se limitou a dizer que a responsabilidade da obra é da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. A responsável pela pasta, Maria do Rosário Dias R. de Freitas, informou que, em março deste ano, solicitou vistorias para monitorar o processo e, ficou constatado que “a travessia de rede coletora de esgoto, apesar de envelopada por tubulação de ferro fundido, seria remanejada e fixada em uma estrutura de contenção existente, localizada nas proximidades”. Ainda segundo a secretária, após vistoria da prefeitura, verificou-se que a obra está de acordo com o projeto aprovado pelos órgãos responsáveis pelo estado de Goiás.


Em nota, a secretaria registrou também que “a limpeza e a conservação do Parque Ecológico e adjacências são de responsabilidade da Secretaria Municipal de Urbanismo, através do Departamento de Parques e Jardins, sob a responsabilidade do administrador, cabendo à Secretaria do Meio Ambiente a fiscalização das nascentes”.


Poluição e falta de vigilância na área


No cenário atual do parque estão incluídos embalagens plásticas, garrafas PET e vários outros objetos espalhados, além do mato alto. A falta de vigilância também é uma preocupação da comunidade.


“Tenho costume de vir ao parque. Há duas semanas estive aqui por duas vezes, cheguei pela manhã e saí próximo ao almoço, e não tinha um vigilante. O local, além de estar aberto por conta das cercas que foram derrubadas durante as obras, fica sem nenhuma segurança”, ressaltou Marcilda Soares.


A dona de casa informou que tentou contato com a administração do parque e com a prefeitura algumas vezes, mas, segundo ela, as respostas recebidas sempre foram de descaso.


“Questionei diversas vezes sobre o que acontecia. Uma vez, fizeram uma limpeza em que cortaram a vegetação crescida e jogaram dentro do canal. Na verdade, só juntou com a sujeira que estava acumulada. O posicionamento deles comigo sempre foi de ignorar o assunto”, desabafa.


Fonte: Jornal de Brasília.

aconteceu, virou notícia.

%d blogueiros gostam disto: