Arquivo da categoria: ECONOMIA

Governador Ronaldo Caiado anuncia redução de 17% na cobrança do ICMS | RP

Com a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) anunciada, na tarde desta segunda-feira (27) pelo governador Ronaldo Caiado, sobre combustíveis, energia elétrica e serviços de comunicações e transporte coletivo a 17%, seguindo a lei complementar 194, que foi sancionada no último dia 23 pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, o Estado sofrerá uma perda de arrecadação de R$ 3 bilhões até o fim deste ano, segundo o governador.

A decisão, que passa a valer em território goiano de forma imediata, segue o projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional e sancionado pelo governo federal no último dia 23 de junho. Caiado manterá alíquota fixa de 17% na cobrança do ICMS

Desde novembro de 2021, o valor sobre o qual o combustível é taxado está congelado em território goiano. Nesse período, a administração estadual deixou de arrecadar R$ 473 milhões, em um esforço do Governo de Goiás contra os sucessivos aumentos dos preços dos combustíveis.

Fonte: Diário de Goiás

Após três semanas em alta, valor dos combustíveis tem queda em Goiás | RP

Após três semanas de alta, os combustíveis tiveram recuo em Goiás. Isso é o que revela levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgado nesta sexta-feira. A redução no valor médio do litro, como mostra o jornal O Popular, foi registrada tanto para gasolina e diesel como para o etanol.

O diesel passou de R$7,41 para R$6,89. A redução fez com que o preço ficasse menor do que a média praticada nas três semanas anteriores para o combustível, que foi o último a ter reajuste nas refinarias da Petrobras. Já a gasolina comercializada no Estado saiu do patamar recorde em que estava, o que a fez deixar de ser a quarta para ser a oitava mais cara do País.



A redução foi de R$7,62 para R$7,41, o que representa uma redução de 2,79%. Esse movimento nos postos acompanhou o recuo na cotação do etanol. O combustível manteve a competitividade com redução de R$0,15. O litro passou de R$5,10 para R$4,95. Quando custa menos que 70% do valor da gasolina, compensa mais para os motoristas. Nesta semana, o porcentual está em 66,7%.

Clientes do Itaú relatam sumiço de dinheiro em contas; app segue fora do ar | RP

Um número grande de clientes do Itaú Unibanco levou um susto nesta manhã ao conferirem suas contas-correntes. Na maioria dos casos, os saldos estavam zerados, com saques não identificados.

 

Muitos estão se manifestando nas redes sociais, pedindo explicações do banco. Há relatos, também, de entrada de recursos sem origem e pagamentos feitos que retornaram às contas dos clientes. O susto é maior porque o acesso aos aplicativos está complicado e os telefones do Itaú não atendem.

 

Em nota, o Itaú Unibanco diz que está atuando para corrigir o problema de intermitência que afeta seus sistemas, com impacto nas demonstrações do extrato e do saldo em conta-corrente para parte de seus clientes.

“O banco lamenta o transtorno e trabalha para que a situação seja corrigida o mais rapidamente possível”, ressalta na nota. O Itaú ainda não informou quantos clientes foram afetados por esse erro. Tentamos acessar o aplicativo do Itaú às 13:51 e estava ainda fora do ar.

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Caixa arrecadou R$ 1,51 bilhão na mega da virada; quase 4 vezes o valor do prêmio

NOVOS MILIONÁRIOS – Após sorteados na noite desta sexta-feira (31/12), em São Paulo, os números da Mega da Virada fizeram novos milionários pra 2022. O prêmio, de R$ 378 milhões, será dividido, pois houve duas apostas vencedoras: cada uma levará R$ 189.062.363,74.

As dezenas sorteadas foram: 12-15-23-32-33-46 e uma das apostas vencedoras saiu de Cabo Frio (RJ), e a outra de Campinas (SP) em um bolão com 14 cotas (cerca de R$ 13,5 milhões pra cada se for dividido em partes iguais). A quina (cinco dezenas) teve 1.712 acertadores e cada uma levará o prêmio de R$ 50.861,33. Outras 143.494 apostas acertaram a quadra (quatro dezenas) e levaram R$ 866,88 cada.

A Mega da Virada de 2021 registrou mais de 333 milhões de apostas, de acordo com a Caixa e arrecadou um total de R$ 1,51 bilhão, quase 4 vezes o valor do prêmio.

Oque você faria com essa bolada toda?

#REDEPLAN • Aconteceu, virou notícia!

Procon orienta consumidores para fugir de falsas promoções na Black Friday; veja dicas

Em 2021, a Black Friday será realizada no dia 26 de novembro. E a tendência é de que as compras online devem continuar em alta em função da pandemia. Mas o Procon Goiás alerta para o consumidor ficar de olho para evitar falsas promoções, tendo em vista a variação de preços tem se mostrado menos atrativas nos últimos anos.

O órgão relembra que a paralisação das fábricas durante a pandemia resultou na diminuição dos produtos em estoque, o que resultaria em descontos menos expressivos nesse ano. Esse efeito pôde ser sentido em 2020. Portanto, o consumidor deve ter em mente quais são as suas prioridades e fazer o monitoramento e a pesquisa de preços destes produtos para evitar o comprometimento do seu orçamento.

Segundo o Procon, a Lei Estadual nº 19.607, de 2017, é uma importante aliada nesse processo, já que ela obriga os fornecedores goianos a informarem ao consumidor o histórico de preços de produtos e serviços em promoção referente ao período dos últimos 12 meses. Ela auxilia no combate do golpe da “metade do dobro”, uma prática abusiva comum nos períodos de grandes promoções. Essa fraude consiste em aumentar de forma gradativa os preços dos produtos nas vésperas de um grande evento para anunciar uma falsa promoção na data escolhida, o que é proibido pelo Código de Defesa de Consumidor.

Por isso, o consumidor deve se atentar às promoções com valores bem abaixo do praticado no mercado. “Geralmente, os golpistas se apoiam nessas superpromoções para atrair os consumidores mais ingênuos”, aponta o superintendente do Procon Goiás, Alex Augusto Vaz.

Uma maneira de se precaver deste tipo de fraude é conferir se a promoção não se encontra na lista de sites suspeitos. Criada pela Fundação Procon São Paulo, a classificação é atualizada rotineiramente e auxilia o consumidor a tirar a dúvida se um site de compras é confiável ou não.

Denúncias e reclamações

O consumidor que tiver os seus direitos violados ou que flagrar alguma ação abusiva por parte do fornecedor deve entrar em contato com o Procon Goiás por meio dos telefones 151 (Goiânia) e (62) 3201-7124 (interior) ou da plataforma Procon Web. Pelo site, também é possível agendar o atendimento presencial no órgão.

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Caiado cria o Bolsa Estudo de R$ 100 mensais para estudantes do Ensino Médio



O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou a criação de uma bolsa de R$ 100 por mês para todos os alunos do Ensino Médio da rede estadual de Educação. O intuito é de incentivar os jovens a continuar na escola. A bolsa vai contemplar estudantes que se formam em 2021, 2022 e 2023. O benefício será pago entre fevereiro e junho e entre agosto e dezembro.

A expectativa é a de que o benefício chegue a 218 mil estudantes só neste ano. No orçamento de 2021, a previsão é de investimento na ordem de R$ 21,8 milhões. Já para os dois próximos anos, haverá reserva de R$ 233,2 milhões e R$ 248,6 milhões.

O governador, que reconhece a evasão escolar como realidade no fim do ensino fundamental para o início do médio, se pronunciou sobre o projeto. “Todo jovem do Ensino Médio vai receber R$ 100 por mês para mantê-lo dentro da atividade escolar. É um incentivo por parte do governo. Ele terá que estar presente às aulas e dentro das regras estabelecidas pela Educação, para ter o benefício.”

A matéria ainda precisa passar em duas votações na Assembleia Legislativa (Alego). O governo estadual enviou a proposta nesta quarta-feira (3), com expectativa de aprovação ainda neste mês para valer em dezembro.

Fonte: Mais Goiás

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Mutirão nacional de renegociação de dívidas começa nesta segunda-feira (1°) | RP



De hoje (1º) até 30 de novembro, pessoas físicas com dívidas em atraso poderão renegociar os débitos no Mutirão Nacional de Negociação de Dívidas e Orientação Financeira. Promovida pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), pelo Banco Central, pela Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e pelo Senado, a iniciativa também promoverá cursos de educação financeira.

Os interessados devem fazer o registro no site consumidor.gov.br, criado pela Senacon e com a adesão de mais de 160 instituições financeiras. Após concluir o registro, o devedor deve escolher a instituição com a qual deseja negociar, relatar o problema e fazer o pedido. O banco ou a financeira tem até 10 dias para analisar a requisição e apresentar uma proposta.

A novidade desta edição está no desenvolvimento de um site específico para o devedor preparar a negociação. No endereço mutirao.febraban.org.br, é possível pegar orientações antes de inserir a proposta na plataforma da Senacon. Entre as informações que podem ser obtidas na página estão a lista das dívidas, quando vale a pena participar do mutirão e a parcela do orçamento que pode ser destinada ao pagamento das dívidas.

A página da Febraban também tem um link para o Registrato, sistema do Banco Central que divulga um extrato das informações de uma pessoa com instituições financeiras, inclusive a lista de dívidas em seu nome. O site também fornece o Índice de Saúde Financeira (ISF) de cada devedor.

Educação financeira

Segundo a Febraban, o foco na educação financeira representa um dos principais diferenciais do mutirão deste ano. O objetivo é preparar os consumidores para a negociação em si, evitando que o usuário chegue em desvantagem na hora de lidar com as instituições financeiras e reduzindo o risco de reincidência dos devedores.

Poderão fazer parte do mutirão dívidas sem bens dados em garantia, que estejam em atraso e em nome de uma pessoa natural e tenham sido contraídas de bancos ou financeiras. Segundo o Banco Central, o acordo de cooperação técnica entre o órgão e a Febraban para desenvolver ações coordenadas de educação financeira integra a Agenda BC#, lista com as prioridades e as estratégias da autoridade monetária.

Fonte: Agência Brasil

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

FILA ENORME: muitas pessoas estão indo na agência da Caixa sem precisar | RP

Muitos planaltinenses estão buscando atendimento na agência da caixa econômica Federal, em sua maioria, a respeito do auxílio emergencial. Mas muitas pessoas estão desinformadas achando que a caixa está realizando o pagamento do auxílio pra quem não tem conta. Evite ir nas agências, pois quase tudo pode ser feito de casa.

TIRE DÚVIDAS:

Quem já tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil e informou quando se cadastrou no site ou no aplicativo Auxílio Emergencial terá o dinheiro depositado nela e poderá movimentar o dinheiro como desejar.Já as pessoas que não possuem conta nesse bancos, uma conta de poupança digital foi criada na Caixa Econômica Federal no aplicativo CAIXA TEM. Nessa situação, o saque só será possível a partir do dia 27 e terá um calendário conforme data de nascimento (veja abaixo). Mas é possível fazer a transferência do auxílio emergencial para uma outra conta bancária para que você possa sacar no caixa eletrônico ou pagamento de contas através do aplicativo Caixa Tem.Como sacar o auxílio emergencial pela conta digital?
Segue abaixo o calendário de saque em espécie da poupança digital sem cartão nos canais de autoatendimento e lotéricas: (quem não quiser ir nas lotéricas, pode transferir o dinheiro que vai estar na sua conta digital do Caixa TEM para uma conta bancária que você tenha e então sacar nos caixas eletrônicos)DIA QUE O DINHEIRO VAI ESTAR DISPONÍVEL NA CONTA DIGITAL:27 de abril – nascidos em janeiro e fevereiro28 de abril – nascidos em março e abril29 de abril – nascidos em maio e junho30 de abril – nascidos julho e agosto4 de maio – nascidos em setembro e outubro5 de maio – nascidos em novembro e dezembroQUEM RECEBE BOLSA FAMÍLIA, O AUXÍLIO VAI SAIR JUNTO COM O PAGAMENTO DO BOLSA FAMÍLIA.


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Caixa informa que já pagou cerca de R$ 1,5 bi em auxílios emergenciais | RP

A Caixa já pagou cerca de R$ 1,5 bilhão em auxílios emergenciais a trabalhadores nesta quinta-feira, 9, segundo informações do banco. A Dataprev identificou 5,7 milhões de beneficiários entre pessoas registradas no CadÚnico, e quem tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil receberá ainda hoje os R$ 600 do auxílio.

Segundo informações do banco, o benefício já foi creditado na conta poupança de 2.150.497 clientes da Caixa, e outros 436.078 lançamentos serão realizados pelo Banco do Brasil ainda nesta quinta.

Os primeiros pagamentos contemplam brasileiros que já estavam registrados no Cadastro Único de programas sociais, mas não recebem Bolsa Família. Esses trabalhadores, já “conhecidos” do governo, tiveram sua análise de renda e perfil processada automaticamente pela Dataprev.

Os primeiros repasses estão sendo feitos para quem já tinha conta na Caixa ou no Banco do Brasil. Clientes de outros bancos ou quem não possui nenhuma conta receberão numa poupança digital da Caixa.

A Caixa abrirá automaticamente a poupança digital para 3.113.356 brasileiros considerados aptos a receber o auxílio emergencial e fará o crédito nestas contas na próxima terça-feira, 14.

Nessa modalidade, será possível transferir o dinheiro gratuitamente para outra conta ou fazer pagamentos. Ainda não será possível fazer saques em espécie, para isso a Caixa ainda vai divulgar um cronograma.

“A Caixa esclarece que não é necessário corrida às agências ou casas lotéricas para ter acesso aos recursos do auxílio emergencial”, diz o banco.


REDE PLAN • O seu canal de notícias.