Arquivo da categoria: ESTUDOS

Último dia para se inscrever nos cursos gratuitos do ITEGO | RP

Foi disponibilizado para o município de Planaltina – Goiás, cursos pelo Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (ITEGO), com parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social e Prefeitura.

Cursos:
– Empreendedorismo
– Logística e transporte,
– Cuidador de crianças,
– Massagista,
– Cabelereiro,
– Informática Básica

As Pré-inscrições foram abertas no dia 17/12/2019 (Terça-feira) até o dia 23/12/2019 (Segunda-feira), retornando hoje dia 02/01/2020 (Quinta-Feira).

Local de Inscrição: CRAS- CASA DA FAMILIA.
Das 8h ás 12h, e das 14h ás 18h.

Idade Minima de 16 anos.

VAGAS LIMITADAS.


REDE PLAN • O seu canal de notícias


MEC lança aplicativo para emitir carteirinha digital A nova identidade | RP

A identidade estudantil digital começou a ser emitida nesta segunda-feira (25). O lançamento oficial ocorreu na sede do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Na ocasião, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, o presidente do Inep, Alexandre Lopes, e o diretor de Tecnologia e Informação do MEC, Daniel Rogério, apresentaram o aplicativo.
A nova carteirinha garante ao aluno o benefício de meia-entrada em shows, teatros e outros eventos culturais e esportivos, sem que isso gere um custo extra. Para isso, o estudante deve estar cadastrado no Sistema Educacional Brasileiro (SEB) — banco de dados nacional de estudantes do Ministério da Educação (MEC) — e baixar o aplicativo nas lojas virtuais de celular.
O custo por cada carteira emitida será de R$ 0,15 para o governo. O ministro da Educação, Abraham Weintraub, garantiu que com o novo programa do governo, o custo total será de R$ 12 milhões. Weintraub afirma que é melhor do que ocorria antes, pois, segundo ele, se mais da metade dos estudantes do Brasil emitissem carteirinhas pelos moldes antigos, o valor seria “superior a R$ 1 bilhão, quase próximo a R$ 2 bilhões”.
Antes, com base em lei de 2013, a distribuição de documentos que garantem a meia-entrada para estudantes era feita exclusivamente pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). As entidades cobram R$ 35 pela carteira, além do frete, sua principal fonte de recursos. Weintraub destacou que os alunos que quiserem manter a carteirinha tradicional poderão solicitá-las junto às instituições e pagar o valor pedido, sem limite estipulado pela pasta.
A ID estudantil poderá ser emitido oficialmente pela Associação Nacional de Pós-Graduandos, União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e no próprio portal do MEC. Além destes, é possível emitir o documento em entidades estudantis estaduais, municipais e distritais, centros e diretórios acadêmicos, diretórios centrais dos estudantes e instituições que representem os estudantes do país e que sejam reconhecidas pela pasta.
De acordo com o MEC, o aplicativo reduzirá a burocracia. A identificação nos eventos será por meio de leitura de QR Code, localizado abaixo da foto da pessoa no app. O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) é parceiro na inciativa, com o cruzamento de dados para evitar fraudes. As outras entidades poderão continuar emitindo a carteirinha, mas a do MEC é sem custo para os estudantes.
“Não tem condição de falar se tem [fraude] ou não tem. Não tem controle nenhum. Não tem transparência”, declarou.”Acho que todos os estudantes vão aderir. Será uma forma de prever fraudes, que hoje a gente não tem controle. Eu acredito na racionalidade do ser humano, que ele vai preferir um negócio bom e mais barato”, disse Weintraub. A identificação nos eventos será feita por leitura de QR Code, localizado no aplicativo logo abaixo da foto da pessoa.

Cadastro e identificação

Para estudantes de 18 anos ou mais, a identificação no aplicativo será realizada a partir de uma fotografia tanto do próprio rosto quanto da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou da Carteira de Identidade (RG) para comparação das imagens. Toda a identificação será feita pelo Cadastro de Pessoa Física (CPF), informado pelo representante da instituição no SEB, e pelo login único do governo, no site gov.br, onde constam diversos servidos do governo federal. No caso de estudantes menores de idade, será necessário que o responsável legal pelo aluno baixe o aplicativo e permita que o jovem tenha acesso. A partir daí, o estudante poderá fazer o download da ID Estudantil.
O cadastro no novo documento, previsto na Medida Provisória 895/2019, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, é feito pela instituição de ensino, pública ou particular, que deve enviar as informações dos alunos para o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que abastecem o SEB, o banco de dados do MEC. A instituições devem informar CPF, data de nascimento, curso, matrícula e o ano e semestre de ingresso dos estudantes.
Os estudantes interessados na carteirinha devem cobrar a instituição de ensino em que estudam. Os alunos podem conferir se a instituição repassou os dados ao sistema no site idestudantil.mec.gov.br. No site também é possível encontrar respostas para as principais dúvidas, além de dicas para os estudantes na hora de fazer a carteirinha.
Ao optar pela carteirinha digital, assim como nas versões físicas e digitais atuais, os estudantes aceitam o compartilhamento de dados pessoais e cadastrais com o MEC. A pasta garante que o acesso às informações será realizado com segurança, com o intuito de que o Ministério da Educação possa “criar soluções de políticas públicas com relação ao sistema de ensino no país”.

(Com informações de Correio Braziliense)

REDE PLAN aconteceu, virou notícia.


Rede Itego abre matrículas para novos cursos gratuitos em Planaltina-GO | RP

São 250 vagas para cinco modalidades. Aulas têm início no dia 7 de outubro

A Rede Itego, em parceria com a Prefeitura de Planaltina Goiás, oferece à população do município, por meio do Colégio Tecnológico de Goiás (Cotec), 250 vagas para os cursos de Inglês Básico, Confeitagem de Bolos Artísticos, Maquiagem Profissional, Design de Sobrancelha e Massagista.

As matrículas podem ser feitas até o dia 07 de outubro, mesma data em que as aulas terão início, no CRAS Casa da Família, localizado na Qd. 03 Área Especial, setor Leste, Planaltina-GO.

Os novos cursos de capacitação profissional serão ofertados na modalidade presencial e estão abertos para toda população do município. Para se matricular, o candidato precisa ter idade mínima de 16 ou 18 anos e ter concluído o Ensino Fundamental.

No ato da matrícula, é necessário que o candidato esteja com os seguintes documentos: cópias do RG, CPF, comprovante de endereço e o comprovante de conclusão do Ensino Fundamental. Mais informações pelo telefone (61) 3637-6190 e 3637-3318


REDE PLAN aconteceu, virou notícia.


Enem 2019: confira as principais mudanças na prova para este ano | RP

Após incertezas sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação (MEC) confirmou a realização das provas para os dias 3 e 10 de novembro. No entanto, o processo seletivo deste ano terá algumas mudanças, com o objetivo de diminuir o custo e aumentar a segurança.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Institucionais Anísio Teixeira (Inep), as alterações dizem respeito, principalmente, à aplicação da prova. Nesta edição, até mesmo os lanches serão revistados para evitar cola. Além disso, informa o presidente do órgão, Alexandre Lopes, caso o celular do aluno toque dentro da sala, o candidato será desclassificado. “Antigamente dependia do fiscal de prova, agora não. Mesmo que o aparelho esteja na mesa, lá na frente”, alertou.

Lopes informa que a questão do celular segue orientação da Polícia Federal e já foi testada na realização do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). “Não há como garantir que não houve nenhuma transmissão de informação”, comentou.

Neste ano, a coleta de digital também será diferente. O Inep informou que, ao invés de usar uma lâmina de grafite individual, o fiscal de prova usará uma pequena esponja que pode ser usada mais de 3 mil vezes.

Em relação à estrutura da prova, não haverá mudanças no número de questões, mas as folhas para rascunho serão retiradas. Para que os alunos não fiquem sem espaço para fazer anotações, haverá espaços no fim dos cadernos para fazer cálculos e esboçar a redação.

Na etapa inicial do processo seletivo, o MEC também promoveu alterações, como a opção de incluir foto na página do participante, além do valor da inscrição — que passou de R$ 82 para R$ 85.

Com informações de: Metrópoles.

REDE PLAN aconteceu, virou notícia.


ITEGO oferece cursos de assistente administrativo e de cuidador de idoso em Plan-GO | RP

Foi disponibilizado para o município de Planaltina Goiás, cursos pelo Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (ITEGO).
São cursos de: Assistente administrativo e cuidador de idoso.
Inscrições até o dia 19/08/2019. Das 8h ás 12h, e das 14h ás 17h.
Local de Inscrição: CRAS – CASA DA FAMÍLIA

▪Requisitos da Matricula
– Para ingressar no curso, o aluno deverá ter idade mínima de 16 (dezesseis) anos, no ato da matrícula, e ter concluído o ensino Fundamental;
– Preferencialmente para quem ainda está estudando;
– O aluno deverá ter disponibilidade diária para estudo durante o turno de sua opção.

▪Disposições Gerais
– Não será permitido o trancamento de matrícula no curso.

▪Documentos Necessários para concretizar as matrículas:
– Cópia da Cédula de Identidade;
– Cópia do CPF;
– Comprovante de Endereço;
– Comprovante de conclusão do Ensino Fundamental


REDE PLAN aconteceu, virou notícia.


F: Prefeitura Municipal

Edital de processo seletivo para conselheiros tutelares em Planaltina Goiás | RP

Publicado edital para processo seletivo com provimento de vagas para Conselheiros Tutelares do município de Planaltina Goiás.
As inscrições se encerram no dia 03/05.

Confira o edital em: http://www.planaltina.go.gov.br/arquivo/xXAA$Z58teX/EDITAL_CT_2019PLANALTINA.GO._OFICIAL_1.PDF

Retificação edital: http://www.planaltina.go.gov.br/arquivo/mbhA$Z58teX/retificacao.pdf


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


IFG abre inscrições para vestibular, EJA e cursos técnicos subsequentes | RP

No total, são 794 vagas e todos os cursos são gratuitos

Estão abertas as inscrições dos processos seletivos para cursos superiores (Vestibular Enem e Vestibular IFG), cursos para jovens e adultos e cursos técnicos subsequentes do Instituto Federal de Goiás (IFG). As inscrições do Vestibular IFG e dos cursos subsequentes podem ser feitas até o dia 5 de maio; a dos cursos EJA seguem até o dia 19 de maio; e as do Vestibular Enem podem ser realizadas até o dia 26 de maio.

Todas as inscrições são gratuitas e devem ser feitas no site do IFG. Ao fazer a inscrição, o candidato deverá optar por participar do processo seletivo pelo sistema universal ou pela reserva de vagas (por meio de cotas).

Vestibular

O processo de meio de ano do vestibular 2019/2 do IFG oferece oportunidades para vários cursos da Instituição a partir de dois editais. Um deles utiliza a nota do Enem de uma das seis últimas edições (2013 a 2018); o outro prevê a realização de prova objetiva e de redação.

Para o Vestibular Enem, são oferecidas vagas nos câmpus Formosa (Licenciatura em Ciências Sociais); Goiânia (Bacharelado em Engenharia de Controle e Automação; Bacharelado em Engenharia Mecânica; Licenciatura em Física; Licenciatura em História; Licenciatura em Letras/Português; Licenciatura em Matemática; Licenciatura em Música); Goiânia Oeste (Licenciatura em Pedagogia); Itumbiara (Bacharelado em Engenharia Elétrica; Licenciatura em Química); Luziânia e Uruaçu (Licenciatura em Química). No ato da inscrição, que pode ser feita até o dia 26 de maio, os alunos podem usar a nota do Enem de uma das seguintes edições: 2013, 2014, 2015, 2016, 2017 ou 2018.

Para o Vestibular IFG 2019/2, há oportunidades para oito cursos em cincos câmpus da Instituição. Há vagas para: Licenciatura em Ciências Sociais (Câmpus Formosa); Licenciaturas em Física, História, Letras /Português e Música (Câmpus Goiânia) e Licenciatura em Química (Câmpus Itumbiara, Luziânia e Uruaçu). A prova objetiva e a redação serão realizadas no dia 19 de maio. O Edital com todas as informações sobre o processo seletivo pode ser acessado aqui.

EJA

Para a seleção dos Jovens e Adultos (EJA), há vagas para seis câmpus e são disponibilizados oito oportunidades de cursos. As aulas serão ministradas predominantemente à noite, mas podem ser realizadas algumas atividades em turno diferente e também aos sábados.

Podem se inscrever para esse processo seletivo jovens e adultos com mais de 18 anos que não tenham feito o ensino médio e que, além de desejarem fazê-lo, queiram também ter uma formação técnica. Para essa modalidade, são ofertadas vagas para os câmpus Águas Lindas (Técnico em Enfermagem); Aparecida de Goiânia (Técnico em Alimentos); Câmpus Goiânia (Técnico em Cozinha; Técnico em Informática para Internet; Técnico em Transporte Rodoviário); Itumbiara (Técnico em Agroindústria); Jataí (Técnico em Secretariado); Uruaçu (Técnico em Comércio).

Os interessados precisam fazer as inscrições no site do IFG. Depois, é preciso participar de uma palestra (às 20h) sobre o curso escolhido e também de um sorteio. Quem não participar dessas duas etapas será eliminado do processo seletivo. Não há provas; há apenas a participação na palestra e no sorteio. Essas duas etapas irão acontecer no dia 26 de junho. O sorteio das vagas será realizado logo após o final da palestra.

Cursos Técnicos Subsequentes

Para os cursos técnicos subsequentes, cujas inscrições também começam nesta segunda-feira (1º de abril), são ofertadas vagas para Eletrotécnica (Câmpus Goiânia e Itumbiara) e Agrimensura (Câmpus Jataí). Os cursos são noturnos e têm como público-alvo pessoas que já fizeram o ensino médio, mas que desejam complementar a formação com um curso técnico. O edital com todas as informações pode ser acessado aqui. As provas objetivas serão realizadas no dia 19 de maio.

Informações sobre todos os processos seletivos podem ser obtidas em: www.ifg.edu.br/estudenoifg.


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Pedido de isenção da inscrição do Enem termina dia 10 de Abril | RP

Estudantes que querem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem solicitar a isenção da taxa de inscrição. Para não pagar a taxa, os candidatos devem atender os critérios de isenção. O pedido é feito pela Página do Participante, na internet. A taxa do exame este ano é R$ 85.

Podem solicitar a isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio, em 2019, em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, que em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo, ou R$ R$ 499, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos, ou R$ 2.994.

Prazos

O pedido de isenção poderá ser feito, conforme o edital do exame, a partir das 10h, no horário de Brasília, do dia 1º de abril até as 23h59 do dia 10 de abril. No mesmo período, os estudantes isentos no ano ano passado que faltaram ao exame, podem apresentar justificativa e solicitar novamente a isenção.
No dia 17 de abril, o Inep vai divulgar a lista, também no portal do Enem, daqueles cujo pedido foi aprovado.
Os participantes que forem reprovados poderão entrar com recurso, no período de 22 a 26 de abril, na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado, no mesmo endereço, a partir do dia 2 de maio.

Enem 2019

As inscrições para o Enem deverão ser feitas no período de 6 a 17 de maio. Os participantes que tiveram ou não a isenção aprovada também devem fazer a inscrição para participar do exame.
O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5h30.
No segundo dia, os estudantes terão 5h para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.
Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o dia 13 de novembro. O resultado será divulgado, conforme o edital, em data a ser divulgada posteriormente.
As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superio pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Fonte


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Colégio de Planaltina Goiás oferece curso gratuito à alunos | RP

Estudantes do Colégio Estadual Complexo 07, em Planaltina Goiás, foram contemplados com o curso “Empodera Facebook”. O Colégio é uma das cinco escolas em todo Brasil que está recebendo o curso do projeto “Empodera Facebook”, promovido pela ONG Recode, que tem como parceiro o Facebook.

Apenas uma escola em cada região do Brasil foi escolhida, e no centro-oeste Planaltina-GO foi a escolhida atendendo uma sugestão do Deputado Federal Delegado Waldir e Delegado Cristiomário.

O projeto também tem parceria com o Governo do Estado, através da Coordenação Regional de Educação, representada pela Professora Lilian Kelly, e do Colégio Estadual Sete Leste, por meio do Diretor Lincon Albuquerque.

Ao final do curso, os alunos terão a certificação pela Microsoft, tendo o curso 80 horas de aulas online presencial, uma duração de cerca de três meses. São ao todo 120 alunos com idades entre 14 e 29 anos que foram contemplados e que já iniciaram o curso. Eles são divididos em seis turmas durante a semana, nos três períodos do dia.

O projeto é realizado na própria escola escola, na sala de informática e online na plataforma da Recode, que é uma ONG que tem mais de 20 anos de história e que já transformou a vida de mais de 1,7 milhão de jovens em 7 países, levando ao conhecimento deles o poder da nova era digital e preparando os jovens para o futuro.

No curso, os estudantes aprenderão sobre oque a tecnologia é capaz de mudar no nosso dia-a-dia e ensiná-los os conceitos básicos da informática, como o uso de ferramentas digitais como Word, Excel e Power Point de forma contextualizada e produtiva como fazer um currículo, uma planilha financeira ou apresentação da sua comunidade.

Texto: Assessoria de comunicação da Coordenação Regional de Educação.

REDEPLAN aconteceu, virou notícia.