Arquivo da categoria: NOTÍCIAS

Planaltina Goiás

Goiás registra mais de 31 mil casos confirmados de covid-19 e 715 mortes | RP

Goiás registrou, até a tarde desta terça-feira (7/7), 31.545 casos confirmados de covid-19. O estado também soma 715 mortes causadas pela infecção. Outras 75.491 notificações suspeitas e mais 50 mortes são investigadas, de acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO).

No momento, Nova Roma, cidade do interior, é a única cidade em Goiás não apresenta casos suspeitos ou confirmados da covid-19 entre moradores. Outras 25 apuram notificações suspeitas e 220 já tem casos confirmados da doença. As 715 mortes estão divididas entre 97 municípios que tem casos confirmados.

Casos de covid-19 em Goiás

O boletim com as notificações da SES-GO faz o processamento dos dados a partir dos sistemas do Ministério da Saúde (e-SUS VE e Sivep Gripe). Eventuais diferenças são justificadas por ajustes nas fichas de notificação pelos municípios, como por exemplo, a atualização do local de residência da pessoa.

Detalhes dos casos e óbitos confirmados, suspeitos e descartados, acesse o painel covid-19 do Governo de Goiás por meio do link http://covid19.saude.go.gov.br/.


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Hospital Santa Rita de Cássia está passando por reformas | RP

O Hospital Municipal Santa Rita de Cássia (HMSRC) está passando por reforma estrutural. Ainda ontem a noite (quinta, dia 02) o telhado do hospital passava por manutenção, onde cerca de 300 telhas que estavam danificadas e causavam infiltrações na laje do prédio, foram substituídas.

O piso do pronto socorro que já havia perdido até o esmalte, será substituído por porcelanato branco, apresentando melhor estética e qualidade na recepção do hospital.

As paredes receberam manutenção e receberão pintura nova, já que hoje, muitas estão com rachaduras, com mofos e com a pintura caindo.

Segundo Hugo Batista, Diretor administrativo da OSS, o hospital receberá reforço estrutural, e o foco agora a princípio é na reforma estrutural, reforma administrativa e reforma assistencial. Segundo Hugo, a OSS vai surpreender a população com a rapidez nesta reforma, e garante que a população irá notar uma mudança significativa no atendimento humanizado e afins.

O Hospital Santa Rita é o único hospital público da cidade, e há anos vinha sofrendo com a falta de manutenção, que é visível já pela parte externa.

Para poder realizar a reforma, o Hospital precisou transferir os atendimentos do pronto socorro, clínica-médica e pedriatria, para a UPA do bairro Jardim Paquetá, de forma temporária, até a finalização da primeira etapa da reforma. A associação da Irmandade Santa Casa de Pacaembu é que administra o Hospital Santa Rita e a UPA 24h em contrato com a Prefeitura desde o dia 1° de Julho.

Goiás tem 21 mortes em 24h por Covid-19 e passa de 20 mil infectados | RP

Durante a tarde desta quinta-feira (25/6), a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) divulgou um informe epidemiológico atualizando os dados do novo coronavírus no estado. Em apenas 24 horas, Goiás registrou 21 mortes por covid-19 e passou de 20 mil infectados.
Até o momento, segundo a SES-GO, há 20.116 casos de doença pelo coronavírus 2019 (Covid-19) no território goiano. Outros 51.507 casos suspeitos estão em investigação e 26.525 já foram descartados. Nas últimas 24 horas, houve 1.190 novas infecções.
De acordo com a SES-GO, “os dados podem ser alterados para mais ou para menos conforme investigação das Vigilâncias Epidemiológicas Municipais e atualização das fichas de notificações pelos municípios nos sistemas oficiais. Diante de eventuais inconsistências nos números, estes serão atualizados a partir das correções feitas pelas cidades nos sistemas de notificação.”.

Goiás tem quase 400 mortes por covid-19

Do total de casos confirmados, há 384 óbitos, outros 41 óbitos são suspeitos e estão em investigação. Já foram descartadas 401 mortes suspeitas nos municípios goianos.

Conforme com os dados de distribuição dos óbitos por município da plataforma covid-19, 66 já confirmaram vítimas fatais, 7 investigam casos suspeitos e 176 não apresentam nenhum registro.

Nesta quarta-feira (24/6), Goiás registou o recorde de mortes em 24 horas, com 34 óbitos. Segundo os dados disponibilizados, a segunda maior quantidade de mortes em um dia foi registrada no último dia 2 de junho, com 25 novos óbitos.

De acordo com a SES-GO, os dados são elaborados a partir dos dados inseridos nos sistemas e-SUS VE e SIVEP Gripe, do Ministério da Saúde, pelas diversas instituições de saúde cadastradas no Estado.

Municípios goianos com contaminados

Até o momento, de acordo com dados da plataforma covid-19, do governo estadual, 203 municípios goianos já confirmaram casos de coronavírus, outros 37 investigam suspeitas. Apenas seis cidades não tem registros da doença, sendo:

  • Baliza
  • Cristianópolis
  • Guarinos
  • Novo Planalto
  • Palestina de Goiás
  • Uirapuru

REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Goiás tem 149 presos e servidores penitenciários com covid-19 | RP

De acordo com informe epidemiológico divulgado pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Goiás tem 149 presos e servidores penitenciários com covid-19.

A ação, no âmbito do sistema prisional goiano, é coordenada pelo Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP no Enfrentamento ao Coronavírus, sob coordenação do Diretor-Geral de Administração Penitenciária, coronel Agnaldo Augusto da Cruz.

A ação de testagem rápida com a população carcerária do sistema prisional é feita sob coordenação do Comitê, por meio da Gerência de Assistência Biopsicossocial (Geab) da instituição.

Presos e servidores penitenciários com covid-19

Conforme o boletim epidemiológico desta terça-feira (23/6), há 70 presos do sistema prisional goiano com coronavírus. Destes, 11 se encontram recuperados e um está internado. Não foi registrado nenhum óbito entre a população carcerária. Os dados são de testes coletados até às 21h de ontem.
Já em relação os servidores penitenciários, os casos são maiores, totalizando 79 casos confirmados. Além disso, há 54 recuperados, 38 afastados e 13 casos suspeitos ainda em investigação. Não há mortes e internados entre os servidores. Os dados também são de testes coletados até às 21h de terça-feira (23/6).
O cronograma para realização dos testes nas unidades prisionais de todo o Estado segue em elaboração pelo Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP no enfrentamento ao coronavírus. Com informações de Dia Online


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Planaltina-GO ultrapassou a marca dos 300 casos de coronavírus | RP

A cidade ultrapassou nesta quarta-feira (24) a marca dos 300 casos de coronavírus registrados desde o início da pandemia. Os números podem ser bem maiores, isso por que nem todos os moradores conseguem realizar o teste de Covid-19 no município.

O boletim divulgado pela secretaria municipal de saúde nesta quarta-feira (24) mostra 314 casos confirmados, sendo 12 mortes e 85 recuperados. Outros 277 exames deram negativos, e ao todo foram 1.046 notificações recebidas pela Secretaria Municipal de saúde. A maioria dos casos foram confirmados através de exames feitos no Distrito Federal.

No município há 229 pessoas em isolamento e 9 pacientes internados com a doença.

A Prefeitura pretende inaugurar em breve a UPA do bairro Jardim Paquetá para ser usado como hospital de campanha. Além disso, organizou UBSs para acolhimento de pacientes com suspeita de Covid-19 para receber o atendimento especial.

O DF doou cerca de 2 mil testes rápidos ao município, e a prefeitura adquiriu mais 500 testes, para testar trabalhadores da linha de frente e moradores com a suspeita da doença.


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Em novo recorde, Goiás registra 34 mortes por covid-19 em 24 horas | RP

Infelizmente altos números do novo coronavírus foram registrados no estado na tarde desta quarta-feira (24/6). Goiás bateu o recorde de mortes por covid-19 e registrou 34 óbitos em apenas 24 horas. Este é o maior número registrado desde o início da pandemia.

Segundo os dados disponibilizados, a maior quantidade de mortes em 24 horas havia sido de 25, registrado no último dia 2 de junho. Entretanto, outras 34 mortes foram contabilizadas hoje, totalizando 363 no estado. Outros 44 óbitos são suspeitos e estão em investigação. Já foram descartadas 388 mortes suspeitas nos municípios goianos.

De acordo com os dados de distribuição dos óbitos por município, 64 já confirmaram vítimas fatais, 7 investigam casos suspeitos e 175 não apresentam nenhum registro.

Conforme dados do painel Covid-19, mais de 250 mortes por covid-19, em Goiás, são de vítimas com mais de 60 anos. Os dados são elaborados a partir dos dados inseridos nos sistemas e-SUS VE e SIVEP Gripe, do Ministério da Saúde, pelas diversas instituições de saúde cadastradas no Estado.

Em dia de recorde de mortes por covid-19, Goiás tem mais de 1,2 novos infectados

Durante a tarde desta segunda-feira (22/6), a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) divulgou um informe epidemiológico atualizando os dados do novo coronavírus no estado. Em apenas 24 horas, Goiás registrou 1.297 novos casos e 34 mortes por covid-19.

Até o momento, 201 municípios goianos contam com casos confirmados da covid-19. Outros 38 apresentam casos suspeitos e 7 sem nenhum registro.

A SES-GO informa que há 18.926 casos de doença pelo coronavírus 2019 (Covid-19) no território goiano. Outros 49.451 casos suspeitos estão em investigação e 25.368 já foram descartados.

De acordo com a SES-GO, “os números são dinâmicos e passíveis de mudanças após investigação mais detalhada de cada situação. Os boletins são elaborados a partir dos dados inseridos nos sistemas e-SUS VE e SIVEP Gripe, do Ministério da Saúde, pelas diversas instituições de saúde cadastradas no Estado, conforme endereço de residência informado pelos usuários.”. Com informações de Dia online


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Homem é assassinado em beco da quadra 2 Leste nesta quarta-feira (24) | RP

Um homem foi morto na quadra 2 Leste de Planaltina-GO por volta das 14h55 desta quarta-feira (24),

A Polícia Militar isolou o local, e aguarda a chegada da equipe do IML – Instituto Médico Legal, para realizar a perícia e a remoção do corpo. Ainda não há informações sobre a identidade da vítima. As informações ainda estão sendo apuradas e atualizadas.


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Governador de Goiás anuncia mais 4 mil vagas para o CNH social | RP

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), anunciou mais 4 mil vagas para o programa CNH Social, para o próximo semestre. O primeiro documento foi entregue ao beneficiário na última segunda-feira (22/6), em solenidade realizada no Palácio das Esmeraldas.

Na primeira fase do projeto executado pelo Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO), foram beneficiados 2.010 pessoas. O Governo ofertou 670 vagas para cada uma das três áreas cobertas pela CNH Social (estudantil, rural e urbana), sendo que 10% delas são destinadas a pessoas com deficiência.

De acordo com Caiado, no próximos dias será enviado à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) o comunicado de um novo projeto para ofertar, no segundo semestre, mais 4 mil vagas da CNH Social.

“Estamos um patamar acima para transformar a vida das pessoas. A CNH Social é um passaporte para uma nova oportunidade; é um instrumento de trabalho e dignidade para os goianos”, declarou o presidente do Detran, Marcos Roberta Silva.

CNH Social

O programa CNH Social garante a gratuidade do documento a estudantes que fizeram e concluíram o ensino médio em escolas públicas, pessoas de baixa renda e trabalhadores rurais. Os convocados terão direito à isenção das taxas do Detran-GO (Inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático).

Também estarão isentos de pagar pelos exames médico e psicológico, junta médica, quando se tratar de candidato com deficiência, e toxicológico, exigido para categoria profissional. Por meio de parcerias, serão oferecidos ainda o curso teórico, de legislação de trânsito, as aulas práticas de direção e até três retestes.

Critérios para obtenção da CNH Social:

CNH social estudantil

Ter idade entre 18 e 21 anos;
Ter cursado e concluído os três anos do ensino médio em escola da rede pública;
Ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem);
As vagas serão atribuídas de acordo com a nota obtida no Enem.

CNH social urbana

Ter acima de 21 anos de idade;
Ter cursado o ensino fundamental;
Possuir renda familiar que não ultrapasse dois salários mínimos;
Estar inscrito em programas públicos e oficiais de transferência de renda.

CNH social rural

Ter acima de 21 anos de idade;
Ter cursado o ensino fundamental;
Ter domicílio em área rural de municípios do Estado de Goiás;
Ter declaração de Aptidão do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF).


REDE PLAN • O seu canal de notícias.


Volta às aulas presenciais nos colégios estaduais de Goiás será com rodízio | RP

A volta das aulas presenciais nos colégios da rede pública estadual devem contar com um sistema de rodízio entre os estudantes, mesclado com ensino remoto, e prioridade para alunos sem acesso a internet. Estes são alguns dos planos da Secretaria de Estado da Educação de Goiás (Seduc-GO) para a reabertura das instituições de ensino.

Seguindo nota técnica da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO), as aulas presenciais estão suspensas até o dia 31 de julho. A previsão é de retorno em agosto, mas a data pode ser revista em meados de julho e ser modificada, dependendo do cenário da pandemia do novo coronavírus no Estado. As aulas presenciais das instituições de ensino públicas e privadas foram suspensas entre os dias 15 e 18 de março.

Independente da data de retorno, a forma como as atividades escolares presenciais serão retomadas está sendo definida. Já que essa volta às aulas será diferente, com medidas para garantir a segurança dos estudantes e servidores, evitando a propagação do vírus, e para que todos os alunos tenham acesso ao mesmo conteúdo necessário em cada etapa escolar.

Por isso, o atendimento dos estudantes sem internet será uma prioridade, segundo a superintendente de Ensino Médio da Seduc-GO, Osvany Gundim. “Até o momento, pensamos em um retorno primeiro desses estudantes que não tiveram aula no regime a distância, que não tiveram condições. Posteriormente, os demais estudantes de forma escalonada”, explica a gestora, que faz parte do gabinete de crise que está elaborando um documento com um plano de retorno às aulas.

De acordo com Osvany, no primeiro mês de retorno às aulas, os estudantes dos colégios estaduais devem fazer avaliações diagnósticas, para saber os conteúdos que os alunos aprenderam durante as aulas remotas. Já no segundo mês deve ser feito um processo de nivelamento. Nos três meses seguintes serão aplicados os conteúdos essenciais do terceiro e quarto bimestre. “Não vai ser possível focar em todas as habilidades e competências. Vamos elencar as essenciais para dar condições”, explica a superintendente.


REDE PLAN • O seu canal de notícias.