Arquivo da categoria: POLÍTICA

Biografia dos vereadores de Planaltina Goiás; conheça eles | RP

A Câmara Municipal de Vereadores de Planaltina conta, hoje, com dezessete edis, com mandatos de 2017 a 2020, eleitos por doze siglas diferentes nas eleições municipais de 2016. Os partidos políticos ali representados são o PROS com quatro vereadores, sendo a maior bancada; o PSC com dois; o PSDC também com dois e os demais: PSDB, DEM, PCdoB, PMN, PSB, PR, PTB. PDT e PTC, cada um com um parlamentar. Entre os nomes destes vereadores estão alguns com até cinco mandatos, outros com até três, dois mandatos e os que foram eleitos pela primeira vez, a grande maioria, composta por nove nomes que renovaram o Legislativo nas últimas eleições. São parlamentares com faixa etária de 45 anos que dominam a atual câmara legislativa planaltinense. A MESA DIRETORA é renovada todo ano, segundo o regimento interno, não sendo vedada a reeleição. O atual presidente da Casa é Carlos Lopes Ribeiro, o popular vereador Carlim Imperador, que realiza seu primeiro mandato como presidente, sendo um dos nomes eleitos pelo PROS – Partido Republicano da Ordem Social, que nasceu e tem suas raízes administrativas no município e exerce política em todo o país.

PEQUENO HISTÓRICO DOS PARLAMENTARES

O município de Planaltina é muito eclético quanto a formação de seu povo, especialmente após o advento de Brasília, que trouxe para estas paragens brasileiros e até estrangeiros de todos os lugares do mundo. Na condição de região do “entorno de Brasília” tem crescido desordenadamente, refletindo, inclusive no seu meio político as agruras por que passa uma sociedade em plena construção. O objetivo da presente matéria é mostrar a diversidade de nossos representantes, tal qual nossa sociedade é formada e assim, colocar o eleitor, o munícipe ou até mesmo o leitor externo de frente com a realidade que só será mudada ou mantida com o envolvimento de toda sociedade. Conheça o parlamentar que lhe representa em Planaltina hoje.

MOACIR PAIVA PONTES – 66 anos

Nascido em Ipueiras no estado do Ceará, a 02 de outubro de 1953. Tem curso médio completo, é filho de Delmiro Araújo Filho e de dona Maria Paiva Pontes, agricultores, ele criador de gado e ela dona de casa. Moacir é o filho mais velho de uma prole de treze.

Veio para Brasília 1972 e para Planaltina em 1979. Sua vinda deu-se pelo emprego que conseguiu na empresa PRO SOLO, empresa industrial de pó calcário e brita, unidade que estava se instalando no município naquela época. Envolveu-se na política logo que chegou a Planaltina, época em que o Brasil buscava libertar-se do mando da ditadura, no processo iniciado em 1982 com a eleição de vários nomes anistiados, dentre eles Iris Rezende Machado, eleito governador de Goiás pela primeira vez naquele ano.

Em 1988 acompanhou Zé Neto (PMDB) quando perdeu as eleições para Lenir de Sousa e Silva (PL) e nunca mais deixou de acompanhar sua liderança. É vereador pelo quinto mandato, tendo assumido esta legislatura com o afastamento do Pastor André, e por ser entre os dezessete, o décimo primeiro mais votado de todos os edis, estando na primeira suplência pelo PSC.

O vereador Moacir é casado pela segunda vez, hoje com Maria Suely Silvestre de Aquino, filha de família centenária do município. É pai de três filhos, sendo dois com a primeira mulher e um com Maria Suely. É empresário da construção civil e diz ter ficado na cidade “devido ter me envolvido em sua construção, coisa que faço até hoje”, diz.

Sobre o atual governo municipal, afirma que: “Reis é boa pessoa e bom administrador, mas a situação da folha de pagamento do funcionalismo, inviabiliza qualquer possibilidade de melhoria imediata. Não sei como o Reis está conseguindo pagar o funcionalismo.” Moacir é o nome de maior experiência no Legislativo planaltinense de hoje, tanto pela idade de 66 anos, quanto pelas cinco vezes em que foi eleito vereador.

Mantém propriedade rural em sua terra natal e, pelo menos uma vez por ano, retorna a Ipueiras para rever irmãos e os muitos parentes que ainda vivem na região, trazendo ideias que ali fizeram sucesso na prática política da sociedade cearense do semi árido nordestino. Pretende deixar herdeiro para dar continuidade à sua forma sempre cordial, amigável e leal de fazer política.

Não participa, neta gestão, das Comissões Temáticas e Permanentes da Câmara.

ALMIRANDO ANTÔNIO DE OLIVEIRA – 35 anos

Natural de Cotegipe, estado da Bahia, onde nasceu a 02 de fevereiro de 1984, filho dos agricultores Erotides Antônio de Oliveira e de Adontina Rodrigues de Oliveira chegou a Planaltina em 1996 (12 anos de idade), estudante primário que frequentou as Escolas Estaduais Complexo 05 e Colégio Estadual de Planaltina.

Aos 13 anos teve seu primeiro emprego nas Novótica Brasil, ali permanecendo até alcançar a maioridade e alistar-se para servir o Exército. Trabalhando em Brasília após a maioridade, estudou e formou-se em Optometria, vindo a estabelecer-se como empresário em seu ramos de atuação com a Ótica Favorita.

É casado com Gilmara Mendes e pai de uma filha. Está em seu segundo mandato como vereador, tendo sido eleito pelo PTC em 2012 e em 2016 pelo PROS, partido pelo qual foi candidato a deputado estadual nas eleições ocorridas em 2018, ficando suplente.

Foi presidente da Câmara no período 2013/2014 realizando ampla reforma na Lei Orgânica Municipal, corrigindo erros históricos naquela Carta Magna do município.

É adversário político da atual administração, fiscal severo das contas públicas, já tendo proposto e instalado duas Comissões Parlamentares de Inquérito, sendo uma em 2014 contra a administração de Eles Reis de Freitas e a outra em 2017, ambas com o propósito de fiscalizar o Poder Executivo e a Previdência Municipal.

Participa de duas Comissões Temáticas e Permanentes da Câmara: Finanças e Orçamente o Direitos Humanos.

SALVADOR PEREIRA DE PAULA – 43 anos

Nascido em Planaltina a 03 de dezembro de 1976, filho do ex-vereador Torcato Pereira de Paula (pioneiro na luta pela reforma agrária na região) e Divina Maria de Paula (trabalhadora rural). Salvador de Paula é o terceiro filho de 5 irmãos. Casado com Simone Schineider e pai do Heitor Torcato.

Salvador ingressou na politica desde muito cedo, acompanhando seu pai, militante das causas do pequeno agricultor da região. Capoeirista, hoje contra-mestre, aluno do conhecido Mestre Alcides desde os seis anos de idade, no ano de 1996, levado por seu pai que era fundador da Associação de Moradores do Setor Oeste, deu inicio a aulas de capoeira na Associação, onde desenvolve atividades até a presente data, dando uma alternativa de vida e orientando aos jovens carente da comunidade.

Formado em Educação Física e servidor concursado da Guarda Municipal em Formosa GO, lecionou em diversas escolas em Planaltina, entre elas as escolas públicas estaduais: Colégio Complexo 01 (Colégio do João) e Complexo 03 e na escola privada Colégio Voo Livre. É faixa preta de Jiu-jitsu e contramestre de Capoeira, tendo criado, através das artes marciais um vinculo de comprometimento com a juventude planaltinense.

Em 2012 foi eleito vereador pela primeira vez pelo Partido dos Trabalhadores (PT), (Partido o qual seu pai foi um dos fundadores na cidade) e está em seu segundo mandato, reeleito em 2016 pelo Partido da Republica (PR). Criou, na Câmara de Vereadores a Comissão Permanente de Esportes, Lazer e Cultura – CELC, tornando-se presidente da mesma. Trabalha em defesa dos interesses dos produtores da agricultura familiar (bandeira de seu pai herdada por ele) e em defesa dos interesses das criança e jovem do município. É autor de leis e indicações que valoram a agricultura familiar, a cultura e os esportes em geral.

Participa de três Comissões Temáticas Permanentes da Câmara, quais sejam a de Direitos Humanos, a de Segurança Pública e a de Obras e Serviços Públicos.

JOSÉ CARLOS RODRIGUES DA SILVA – 45 anos

José Carlos Rodrigues da Silva, o vereador José Carlos, nasceu na cidade goiana de Niquelândia a 15 de agosto de 1974. Aportou na região de Planaltina em 1975 com apenas 4 meses de idade, junto com seus 8 irmãos, sendo o caçula. Seus pais Cícera e Alberto trabalharam queimando pedras para fazer cal e logo se firmaram como agricultores na região conhecida como Mozondó, ali criando os nove filhos com muitas dificuldades, porém sob orientação da honestidade e dignidade.

José Carlos é cristão, casado com a Professora Ângela Cristina, sua amiga e companheira fiel de todas as horas, que nunca desistiu de lhe apoiar nos momentos essenciais de sua vida, acreditando que ele sempre seria capaz de vencer os obstáculos e alcançar os objetivos proposto. É pai de três lindos filhos: Jhiancarlo, Maria Luíza e Maria Eduarda.

O vereador só teve a oportunidade de estudar depois dos 14 anos de idade, devido morar a uma distância de 15 Km da cidade de Planaltina, na fazenda Mozondó. Iniciados seus estudos, nunca foi reprovado. É formado em Educação Física pela Faculdade Albert Einstein de Formosa. Candidato ao cargo de Conselheiro Tutelar no ano 2000, foi o mais votado daquela eleição, obtendo 262 votos, reelegendo-se em 2003 com 567 sufrágios.

Como Conselheiro, sempre foi atuante na proteção integral da criança e do adolescente. Presidiu o conselho em 2005. Educador Social no centro de Atendimento Socioeducativo-CASE Formosa-Go, trabalhou na recuperação dos adolescentes em conflito com a lei pelo período de três anos naquele centro.

José Carlos sempre esteve presente nas discussões políticas municipais. Coordenou em 2004 a campanha eleitoral do seu irmão professor Francisco Alan Rodrigues, que foi eleito para surpresa dos políticos locais. Com a morte prematura do irmão Alan foi chamado à candidatura para vereador em 2012, tendo sido eleito com 477 votos. Em 2016, vindo para a reeleição, alcançou a marca de 657 votos.

Além de vereador José Carlos é funcionário público estadual, exercendo as funções de Agente de Segurança e Sócio-educador na unidade do CASE em Formosa. Participa das Comissões Temáticas e Permanentes da Câmara nas áreas de Educação, Saúde e Assistência Social e de Segurança Pública.

ALMÉRIO BARROS DA SILVA – 41 anos

Nascido aos 7 dias de janeiro de 1978 na cidade de Diamante, no estado da Paraíba. O vereador planaltinense Almério Barros é filho de Francisco Barros da Silva e de Edite Moreira Barros, casado com Sílvia, filha de tradicional família planaltinense, empresário da construção civil, tendo, inclusive iniciado a faculdade de engenharia civil no Distrito Federal.

Desta legislatura, (2017/2020), Almério é o vereador que menos tempo levou para chegar ao cargo de representante popular no Legislativo da municipalidade, isto porque, mudou-se para a cidade em 2012 (há 5 anos)., Entrosado no meio político com o aval do então prefeito Zé Neto e candidatou-se em 2016, vindo a alcançar expressiva votação dentro de seu grupo e assim, chegando a titular da primeira cadeira do PSC com —— votos.

Almério é empresário no Distrito Federal e trabalha há muitos anos com equipes de funcionários originários de Planaltina, o que facilitou seu ingresso na política local, assim como os mesmos o mantêm atento e informado sobre os problemas do município.

Na atuação de vereador, Almério tem se destacado pelo amplo relacionamento com seus pares e com o poder Executivo, tem buscado aprovar requerimentos e solicitações, vários deles atendidos pelo prefeito e pelos secretários municipais. Além disso, ele tem prestigiado as instituições civis e públicas em suas iniciativas, de modo que seu nome está entre os mais atuantes na presente legislatura.

“Gosto de dizer nas oportunidades que tenho, que sou um simples morador de Planaltina e cobro das autoridades um trabalho que possa melhorar nossa cidade, que demonstre respeito por nós moradores”, afirma o vereador, assim como tem sido assíduo defensor de melhorias no transporte, especialmente no transporte interestadual entre Planaltina e Brasília, tendo, inclusive, feito visita à Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT – com expressivo grupo de vereadores.

Não participa de Comissões Temáticas e Permanentes na Câmara.

GENIVAL JOSÉ FAGUNDES – 45 anos

Brasiliense, divorciado, pai de uma filha, filho de Geraldo Fagundes e Geralda Fagundes, o vereador Genival Fagundes é cristão praticante de sua fé, católico apostólico romano, morador da Quadra 7 Norte, desde o ano de 1978. Nascido em 1974, militar da Marinha do Brasil, pertencente ao Corpo de Fuzileiros Navais, graduação de Primeiro-Sargento da Reserva, formado em Direito desde junho de 2009. Cursou o ensino fundamental na Escola Estadual de Planaltina, o ensino médio cursou no Centro Educacional n° 2 de Planaltina/DF, pois na década de 80, nossa Planaltina não oferecida condições de aqui, completar o ensino médio.

Após dez anos de serviço militar, Genival Fagundes foi atrás da realização do seu segundo sonho: cursar Direito, uma vez que é apaixonado pela ciência jurídica, tendo colado grau em 2009, obtendo coeficiente de rendimento (CR) a média de 94,00 pontos, considerado um dos maiores da Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro/RJ naquele semestre de colação de grau.

Fez curso de formação política pela Fundação Ulisses Guimarães, polo Goiânia. É um estudioso da política e tem buscado aprofundar-se cada vez mais nas ciências políticas, já tendo feito curso onde se orienta como viabilizar uma boa Administração Pública municipal em tempos de crises e escassez de verbas públicas, ou seja,como buscar recursos alternativos para fazer as transformações sociais que o município de Planaltina merece e necessita.

Como Vereador tem desempenhado as funções típicas da vereança, cria Leis (até o momento já criou 12), exerce o poder fiscalizador e não buscar ficar submisso ao executivo e, participa ativamente dos debates políticos no Plenário da Câmara Municipal em dias de Sessões Ordinárias ou Extraordinárias. Participa das Comissões Temáticas Permanentes de Justiça e Redação e Educação, Saúde e Assistência Social.

RAIMUNDO NONATO MARTINS – 39 anos

O vereador de Planaltina, conhecido por Raimundo Good’s (PSB) é natural de Varjota, Estado do Ceará, filho de Francisco Martins de Paiva e de Maria José de Paiva Martins, nascido aos 21 de setembro de 1979. É o filho mais velho de uma prole de oito, que chegou à Planaltina em 1991, em companhia dos pais.

Filho de pais humildes, mas, honestos e determinados, começou a trabalhar logo que chegou à cidade aos doze anos de idade, fazendo os serviços indicados por seu pai, especialmente pescar para auxiliar no sustento da família. “Era pescador em minha adolescência no Ceará e ajudante de pedreiro em minha juventude aqui em Planaltina ”, conta o parlamentar, que cursou o II Grau completo nos Colégios do município.

Evangélico, casou-se com Yramaya Rabelo Martins, filha de pequeno comerciante local e com ela juntou forças para criar um novo estabelecimento comercial, o hoje Restaurante Good´s, ampliado para duas unidades na cidade, uma no Setor Norte e a segundo no Setor Leste e mais um comércio de açougue e frutaria. Tornou-se, então, empresário dos ramos de restaurante e alimentação.

Raimundo e Yramaya são pais de dois filhos, trabalhando em família, inclusive com irmãos, sogra e cunhados envolvidos nas atividades comerciais do Good´s.

É parlamentar que mostra-se atuante, eleito pela primeira vez em sua primeira candidatura, oferece apoio para a administração atual e auxílio na indicação do Secretário de Infraestrutura, estando sempre atento às questões ligadas aos esportes e ao comércio local, onde tem sua base eleitoral.

Participa das Comissões Temáticas Permanentes de Esporte e Lazer e Obras e Serviços Públicos na Câmara de Vereadores.

WANDERSON DA SILVA LOPES – 38 anos

Wanderson da Silva Lopes, filho de Antônio José Lopes e Divina da Silva Lopes, conhecido como Nando do Prós (PROS), nasceu a 02 de Novembro 1980, é casado com Agna Batista dos Santos e pai de dois filhos: (Yuri, 11anos e Arthur, 2 anos). Nando nasceu em Brasília- DF, mas desde o nascimento mora com os seus pais em Planaltina, precisamente à Quadra 02, do Setor Norte.

Está cursando Gestão Pública e Ciências Políticas em fase de conclusão.

A carreira Profissional/Política de Nando teve os seguintes passos: Em 1999 iniciou como chefe de gabinete no governo de Joaquim Domingos Roriz no Distrito Federal;

Em 2010 ingressou como encarregado de produção do grupo Votorantim;

No ano 2012 foi convidado e assumiu o cargo de Subsecretário de Agricultura no município de Planaltina, tornando-se um dos principais colaboradores de projetos como Luz Para Todos, Avicultura e Água Para Todos na zona rural. No mesmo governo assumiu como Diretor de Projetos da Secretaria Municipal de Agricultura.

Em 2013 teve destacada participação na fundação do Partido Republicano da Ordem Social – PROS – o que lhe rendeu o apelido, reconhecimento que carrega com orgulho, já que o PROS vem tendo grande força política atuando em todo o país.

Em 2016 foi um dos quatro vereadores eleitos pela sigla do PROS, o partido com maior bancada, hoje, na Câmara de Planaltina.

Em 2017, assume o cargo de Vereador em Planaltina-GO, cargo de relevância em sua vida profissional, o que lhe proporcionou desempenhar diversos projetos;

Em 2017/2018, assumiu a vice-presidência da Comissão Municipal do Meio Ambiente do município, onde com altivez e competência, desempenhou suas funções, constituindo-se em peça importantíssima na consolidação fiscalizadora conjunta com o IBAMA, especialmente no que se refere à proteção da lagoa Formosa.

Em 2019 dá prosseguimento ao seu trabalho, agora como Presidente da Comissão Municipal do Meio Ambiente, órgão fiscalizador das ações ambientais de governo no município.

Agora em 2019, o Vereador Nando do PROS, tendo a Câmara planaltinense como alicerce, inicia um novo desafio com influência na agricultura familiar, ultrapassando as fronteiras municipais e buscando parceria com, Formosa, Vila Boa de Goiás, Itaporanga, Água Fria de Goiás e Brasília-DF.

Nando participa das Comissões Temáticas e Permanentes da Câmara Municipal nas áreas de Educação, Saúde e Assistências Social e na de Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

CARLOS ALVES DO EGITO – 44 anos

Carlinho do Egito (PSDB) – Aguardando mais informações do gabinete do vereador.

Foi o mais votado nas últimas eleições. Participa das Comissões Temáticas Permanentes de Finanças e Orçamento e da de Esporte e Lazer.

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

AROLDO ALVES DO NASCIMENTO – anos

Aroldo (PTB) – Aguardando informações do gabinete do vereador.

É o líder do atual governo do município. Não participa de Comissões Temáticas Permanentes.

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

ENIVALDO SILVA CALDAS – anos

Vereador Tinica (PSDC) – Aguardando informações biográficas do vereador.

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

xdlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

DENIS TADEU LEITE FRANCO – 33 anos

Denis (PTC) – Vereador de dois mandatos consecutivos pelo PTC.

Aguardamos mais informações do gabinete sobre a biografia do parlamentar.

Participa das Comissões Temáticas Permanentes da Câmara nas áreas de: Esportes e Lazer

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxllx

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

JOSÉ DIAS DOS SANTOS JÚNIOR – anos

Vereador Piloto (DEM) – Único na Câmara planaltinense do mesmo partido do governador do Estado.

Participa das Comissões Temáticas Permanentes da Câmara nas áreas de: Justiça e Redação e ainda de Finanças e Orçamento.

Aguardamos mais informações do gabinete do vereador sobre sua biografia completa.

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxll

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlx

PASTOR JOSÉ LUIS – anos

l

Pastor Zé Luiz (PROS) – Aguardamos informações do gabinete do vereador.

Não participa de Comissões Temátcas Permanentes na Câmara de Vereadores nesta gestão.

xlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxll

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxll

xkxkxkxkxkxkxkxkxkxkxkxkxkxk

HERNANDES MORAIS FERREIRA – anos

O vereador Hernandes (PSDC) – Foi prefeito pelo período de uma semana, em virtude de ter o presidente da Casa cassado quando exercia a função.

Aguardamos informações complementares de seu gabinete quanto a sua biografia.

Participa das Comissões Temáticas Permanentes na Câmara sobre: Obras e Serviços Públicos e ainda Meio Ambiente e Recursos Hídricos.

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

LINDOMAR FERREIRA DE CASTRO – anos

Vereador Lindomar (PCdoB) – Aguardamos mais informações sobre biografia do parlamentar.

Participa das Comissões Temáticas Permanentes na Câmara, nas área de Segurança e ainda de Justiça e Redação.

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxllx

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

CARLOS LOPES RIBEIRO – anos

Carlim Imperador (PROS), é o atual presidente da Câmara de Vereadores de Planaltina e está em seu segundo mandato parlamentar. Combativo e bom negociador…

Estamos no aguardo de informações para composição de sua biografia.

lxlxlxlxlxlxlxlxlxlxl

lxlxlxlxlxlxlxlxlxll

xlxlxlxlxlxlxlxlxl

xkxkxkxxk

Fonte: O Recado news

Anúncios

BACCELLI: ‘O circo foi embora, mas a palhaçada em Planaltina continua’ – Opinião | RP

Eu nunca vi uma cidade ter tanta palhaçada por metro quadrado; a população assiste o espetáculo sem graça que ainda tem mais de um ano e meio pela frente.

Já vimos obra mau feita, obras serem feitas e desfeitas (nosso dinheiro jogado fora), Ministério público recomendando o afastamento de Secretária, falta de planejamento, e por aí vai. Mas mudando de pau pra cassete: a praça está linda, você já foi lá? Eu não fui por que estou esperando um helicóptero vir me buscar… buracos demais, sabe?!

Ah, sabe essa novela das nove, na Globo, que tem um casarão com uma fonte de água milagrosa, em que todo mundo quer ‘tomar’ posse dela? Digamos que aqui em Planaltina esse casarão é a Prefeitura e a Câmara Municipal, e a fonte milagrosa não vou nem falar o que é […] Pois bem, se lá na novela tem sete guardiãs pra fonte, aqui temos 17 na Câmara e 1 na prefeitura. Na Prefeitura e na Câmara, no ano passado, um dos ‘guardiãs’ a justiça tirou, outro foi preso, mas a vaga do guardião é sempre substituída por um novo.

No ano passado Davi foi prefeito, Pastor André foi prefeito, Hernandes foi prefeito, e agora Reis é prefeito eleito, ele conseguiu voltar para a vaga de ‘guardiãs’. A parte interessante, é que na novela, os guardiãs estão sendo ‘eliminados’ por não fazerem o seu papel… e aqui? será que os nossos 17 guardiãs e o guardião Rei serão substituídos também? Eu não sei, mas faça a sua pipoca e aguarde os próximos capítulos.

Aguarde a minha próxima publicação de opinião aqui no portal.

POR: Jefferson Baccelli – Coluna de opinião

REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Deputado quer prorrogar mandato de atuais prefeitos e vereadores do país até 2022 | RP

O sonho de chegar à Câmara de Vereadores ou a cadeira de prefeito em todas as cidades brasileiras, poderá ser adiado para muitos pretensos candidatos se for aprovada uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) cujo objetivo é prorrogar até 2022 os mandatos dos atuais prefeitos e vereadores de todo o país, que estão previstos para serem concluídos no ano que vem.

De autoria do deputado federal Rogério Peninha (MDB-PR), a PEC foi protocolada na Câmara dos Deputados no dia 12 de abril de 2019, durante a Marcha dos Prefeitos em Brasília.

A proposta vem ganhando força no Congresso Nacional, já que, no entendimento da maioria dos deputados e senadores, a alteração unificaria todos os pleitos eleitorais em um só ano, reduzindo gastos e interrupções em trâmites legislativos e executivos.

No texto original apresentado por Peninha, na Câmara, a PEC acrescenta um artigo ao Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT), que trata das posses de mandatos eleitos. Nesse ponto, seria colocado o fim dos mandatos atuais de prefeito e vereador no dia 1º de janeiro de 2023.

Via: Blog serjão

REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Casal é preso por participar de fraude em licitações da Câmara de Planaltina-GO | RP

A Polícia Civil de Formosa prendeu, na manhã da última quarta-feira (10), o casal André Luiz Gontijo e Souza e Vanessa Maris Araújo Fernandes, sócios das empresas Mult X e Central Construtora. Eles são suspeitos de colaborar com fraude em licitação de obra realizada na Câmara Municipal de Planaltina. Prisão faz parte da 6ª fase da Operação Mãos à Obra, que apura irregularidades em contratos celebrados com construtoras na gestão do ex-prefeito Pastor André (PRB).

De acordo com as investigações, o casal participou ativamente do esquema e fraudou processo licitatório para obras de engenharia da Câmara, em valores que ultrapassam R$ 180 mil. Por meio da empresas, eles participaram do procedimento administrativo (carta-convite), supostamente, para concorrer pelas obras com as empresas Aseng e Unique.

O Ministério Público de Goiás (MP-GO) apurou que houve ajuste entre as empresas Aseng e Unique – que ainda é de fachada. André e Vanessa sabiam que participavam de uma concorrência de fachada, pois existia ajuste prévio entre os sócios das empresas licitadas para que a Aseng vencesse a licitação.

Ainda segundo o órgão, foi formada uma associação criminosa, que burlava a tramitação do procedimento licitatório, já que não aconteciam os procedimentos externos e internos na forma da lei. Empresas fantasmas eram criadas apenas para participar de licitações, o que proporcionava uma concorrência fraudulenta. Não eram realizadas sessões, análises de concorrência, julgamento de propostas. O esquema ocorria sob a coordenação do ex-prefeito, o Pastor André, conforme aponta a investigação.

O casal detido foi encaminhado ao presídio de Planaltina e foi ouvido na última quinta-feira (11/04), pela promotoria do município.

Fonte: Mais Goiás

REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


‘Operação Decantação’ faz buscas em endereços do ex-governador de Goiás José Eliton | RP

A Polícia Federal deflagrou, na manha desta quinta-feira (28), a segunda fase da operação Decantação que investiga desvios na Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago). Estão sendo cumpridos cinco mandados de prisão temporária, oito de busca e apreensão, além do sequestro de 65 imóveis avaliados em cerca de R$ 35 milhões e o afastamento da função pública de dois servidores da Saneago.

O ex-governador José Eliton é um dos alvos na operação e a PF faz buscas nesta manhã em endereços ligados ao ex-governador.

A segunda fase da Decantação apura supostos desvios no Governo de Goiás que teriam acontecido durante a gestão de José Eliton, que assumiu em abril de 2018 o lugar de Marconi Perillo.

De acordo com informações preliminares, os agentes apreenderam cerca de R$ 800 mil na casa da filha de um ex-chefe de gabinete do então governador Marconi Perillo, além de oito armas de fogo em outros endereços ligados aos investigados.

A assessoria do ex-governador José Eliton afirmou que ele está em Posse, em audiência com o advogado, mas retorna hoje à tarde para Goiânia. Segundo informações, a PF cumpriu mandado de busca e apreensão no apartamento de Eliton na capital, em que foi apreendido um computador, usado por seu filho mais novo.

O ex-governador afirmou ainda que dará uma declaração assim que tiver acesso ao inquérito da continuação da Operação Decantação.

Operação

Na análise, foi constatado que três empresas, de um único dono, foram beneficiadas em contratos junto à companhia de saneamento, mesmo com impedimentos fiscais e não sendo especialistas na prestação dos serviços demandados, o que indica direcionamento de licitação.

Segundo as investigações, parte dos recursos recebidos pela prestação de serviços à Saneago era repassada para o chefe de gabinete do então governador do Estado. Foi apurado ainda que o ex-vice-governador, José Eliton, teria utilizado, por diversas vezes, uma aeronave de propriedade de uma das empresas beneficiadas pelos contratos.

Há indícios de que as empresas também eram utilizadas para lavagem de dinheiro, uma vez que ficou comprovada transferência de valores na ordem de R$ 28 milhões entre o chefe de gabinete do ex-governador e a conta de uma das empresas.

Os envolvidos responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de associação criminosa, peculato, corrupção passiva, corrupção ativa, fraudes em processos licitatórios e lavagem de dinheiro, sem prejuízo de demais implicações penais ao final da investigação.

O nome Decantação faz alusão a um dos processos de tratamento de água, em que ocorre a separação de elementos heterogêneos.


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Fonte/imagem: Jornal Opção

Ex-presidente da Câmara de Planaltina-GO, Pastor André, deixa a prisão | RP

O Ex-presidente da Câmara Municipal de Planaltina Goiás, Pastor André, ganha liberdade.

André Luiz Magalhães ganhou a liberdade na noite da última sexta-feira (21). André que foi preso pela terceira vez, por suspeita de desvios em obras quando era presidente da Câmara de Planaltina.

André passou cerca de 3 meses preso na Cadeia pública de Planaltina Goiás.


ENTENDA

Pastor André até então era vereador desde 2005 e chegou a ocupar a cadeira de presidente da Câmara de Planaltina antes de assumir a Prefeitura de forma interina.

Em agosto, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) manteve a condenação do então prefeito David Alves Teixeira Lima (PR) e da então vice-prefeita Maria Aparecida dos Santos (Pros) de Planaltina Goiás por compra de votos nas eleições de 2016, em ação de investigação judicial eleitoral proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Ambos tiveram os diplomas cassados e foram condenados ao pagamento de multa de cerca de R$ 32 mil.

O relator do processo no TRE, juiz Rodrigo de Silveira, determinou que se oficiasse ao presidente da Câmara dos Vereadores de Planaltina para que assumisse a chefia do Executivo até a realização de novas eleições a serem designadas pelo tribunal. Pastor André, então, assumiu o comando da Prefeitura.

Segundo o site do PRB, o pastor pediu, na ocasião, serenidade e afirmou que seu compromisso seria conduzir com responsabilidade a gestão do município. “A cassação cabe recurso e para evitar maiores prejuízos ao município, pedimos cautela para não mexermos em cargos e ações durante o período do recurso de 72 horas, seguindo com normalidade os atos da Prefeitura durante este período”, declarou.

Em 28 de outubro, a cidade foi às urnas em eleição suplementar para escolha do prefeito. Eles Reis (PTC) foi eleito com 43,76% dos votos. Pastor André ficou em segundo com 40,75%.

Durante as investigações, o Ministério Público identificou que o Pastor André, na presidência da Câmara de Planaltina, teria fraudado contratações de empresas e superfaturado obras, além de ter desviado recursos do erário público.

Operação Mãos à Obra cumpriu oito mandados de prisão – 5 temporárias e 3 preventivas -, além de 14 de busca e apreensão, contra empresários suspeitos de terem participado de fraude nas licitações da reforma do prédio do poder legislativo de Planaltina. Isso aconteceu em 6 de novembro do ano passado.

Segundo o Ministério Público, esta foi a primeira vez que um juiz de primeira instância, Carlos Gustavo Fernandes de Moraes, determina a prisão de um prefeito, após decisão do Supremo Tribunal Federal sobre foro privilegiado ocorrida em maio deste ano.

André Magalhães foi preso suspeito de fraude em licitações e desvio de dinheiro na obra de reforma da Câmara de Vereadores. Além dele, servidores públicos e empresários também foram presos.

Na época das obras, André Luíz Magalhães era presidente da Câmara. Em 2018 ele assumiu interinamente a prefeitura da cidade após a Justiça cassar o prefeito e a vice por compra de votos e abuso de poder econômico.

Ao todo foram cumpridos oito mandados de prisão e 14 de busca e apreensão. A operação, batizada Mãos à obra, aconteceu também em Goiânia, Formosa e em Guará, cidade-satélite do Distrito Federal.

“A operação apura irregularidades nas reformas feitas na Câmara de Vereadores de Planaltina. Eles [presos] fizeram várias contratações por meio do então presidente da Câmara e essas contratações foram todas fraudulentas. As obras foram superfaturadas e houve desvio de dinheiro público”, disse o promotor Rafael Simonetti.


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Fontes: O Estadão / G1.com / Brasilinha Urgente

Vereador lança desafio à alunos: escrever uma redação sobre a cidade | RP

O Vereador Genival Fagundes, lançou um desafio bem bacana aos alunos.

Iniciando a semana do 128° aniversário do Município de Planaltina, desta forma, ele lançou um desafio para os alunos dos ensinos fundamental e médio de Planaltina, para ver quais serão as três melhores redações, de cada nível de ensino, alusivas ao aniversário do Município.

TEMA: Planaltina, a cidade dos meus dias.

REGRAS:
a) modelo dissertação;
b) máximo de 30 linhas;
c) escrita em letra cursiva, não escrever em letra de forma;
d) identificação: nome completo, idade, série que está estudando, turma, escola onde estuda;
e) data para entrega: até o dia 15/03 (sexta-feira) às 18h, na recepção da Câmara Municipal, endereçada ao Gabinete do Vereador Genival Fagundes;
f) divulgação das melhores redações: dia 19/03, dia do aniversário do Município, nas redes sociais e rádios da cidade.

Vai encarar este desafio? Divulgue para seus colegas e amigos. Realização Vereador Genival Fagundes. Boa redação a todos!


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Via: Genival Fagundes

Delegado Waldir (PSL) destina R$ 650.000 em emendas para Planaltina Goiás | RP

O Deputado Federal Delegado Waldir (PSL-GO) que obteve milhares de votos em Planaltina Goiás, atendeu à um pedido do Delegado Cristiomário e destinou um montante de R$ 650.000 em emendas para beneficiar a cidade.

Agora, a Prefeitura precisa enviar projetos ao Governo Federal para não perder os recursos.

Foi disponibilizado recurso por meio de Emenda Parlamentar de Autoria do Deputado Delegado Waldir –PSL/GO.

O prazo é prescritivo e dá início no dia 11 de março e se encerra às 23h59 do dia 17 de março de 2019, ocasião em que esse beneficiário deverá apresentar suas propostas no SICONV – Sistema de Gestão de Convênios e Contratos de Repasse ou no FNS – Fundo Nacional de Saúde.


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Presidente da Câmara rebate críticas após comemoração do dia da mulher | RP

O Presidente da Câmara Municipal de Planaltina, Carlos Lopes Ribeiro, o conhecido ‘Carlim Imperador’, usou o pequeno expediente da 128° sessão ordinária realizada na manhã desta terça-feira (12) na plenária da Câmara Municipal, para rebater críticas.

Acontece que ontem antes da sessão, foi oferecido um café da manhã na plenária em comemoração ao dia Internacional da Mulher. Um cidadão que estava na plenária gravou um vídeo criticando que quase não havia mulheres ali. Mais tarde, a ex vice-prefeira Dona Cida, do PROS, esteve na plenária e convidada fez uso do microfone fazendo uma homenagem às mulheres, e isso também foi alvo de críticas em redes sociais.

O Presidente antes de encerrar a sessão de hoje, se posicionou sobre as críticas:

“Nós proporcionamos aqui um café da manhã especial para servidoras dessa casa, aí chegou aqui um cidadão Planaltinense e fez um vídeo de forma chula e pejorativa e colocou nas redes sociais falando que a Câmara homenageou as mulheres mas que só tinha homens. Essa casa é uma casa democrática, é uma casa do povo, onde está aberta à todo e qualquer cidadão, e não podemos escolher aqui quantos homens ou quantas mulheres vão entrar nessa casa. É bem-vindo todo mundo é bem-vinda toda mulher, toda criança, todo cidadão Planaltinense ou não, por que aqui é a casa do povo e estará sempre de portas abertas. Inclusive o cidadão estava aqui na plenária mas saiu, não sei por qual razão, mas eu gostaria de deixar claro que, a casa é de todos. E nós não fizemos aqui distinção de pessoas, e o café da manhã graças à Deus foi farto, e foi aberto à todos, e acontecerá quantas vezes a casa entender necessário homenagear”

E também rebateu as críticas feitas à ex vice-prefeita:

Outra situação é um grupo de WhatsApp, que se intitula como mídia local, que merece também um repúdio, devido ter falado inúmeras coisas de uma senhora que esteve aqui ontem sendo homenageada, que teve a palavra justamente porque estavamos homenageando as mulheres, que foi a Dona Cida, presidente do PROS – Partido Republicano da Ordem Social, e foi convidada aqui pelo parlamento e o parlamento franqueou a palavra, foi consultado o plenário, então foi tudo na legalidade, e esse indivíduo se achou no direito de achincalhar essa senhora. Eu gostaria de pedir desculpas, em nome da Câmara Municipal, e dizer que as portas estarão sempre abertas, toda vez que quiser vir aqui pode vir pode falar alguma coisa, até mesmo porque essa senhora não pode ser atribuída à nenhum desmando dessa cidade, por que ela nunca deteve um mandato… teve sim um mandato de vice (prefeita). E isso é uma injustiça que foi feito com essa senhora, e eu me sinto na obrigação, de em nome da Câmara Municipal, pedir as desculpas e colocar a casa sempre à disposição quando houver a necessidade de vir aqui.”, disse.

Logo após ele encerrou a sessão.

ASSISTA A SESSÃO COMPLETA AQUI


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.