Arquivo da categoria: EDUCAÇÃO

Estão abertas as matrículas para escolas de tempo integral em Goiás


As matrículas para as escolas de tempo integral, chamadas de Centros de Ensino em Período Integral (Cepis), iniciaram na última segunda-feira (8). No total, serão oferecidas 40 mil vagas para o ano letivo de 2022. As matrículas vão até 12 de novembro para veteranos renovarem, e para novos estudantes, o período segue até 8 de dezembro.

Todas as matrículas para as escolas de tempo integral deverão ser realizadas presencialmente na unidade escolar. A partir deste ano, o sistema de matrículas on-line será exclusivo para as escolas de tempo regular.

Fátima Gavioli, secretária de Estado de Educação, explica que essa medida tem o objetivo de sensibilizar os pais e/ou responsáveis, que terão a oportunidade de conhecer melhor a estrutura física dos Cepis e sua proposta pedagógica visitando a unidade.

O total de vagas serão distribuídas em 269 escolas de tempo integral. Destes, 105 são novos Cepis, que funcionavam antes em período parcial e vão ampliar sua carga horária no início de 2022.

A conversão de escolas regulares em Cepis e a expansão do número de escolas de tempo integral atendem aos planos Nacional e Estadual de Educação. Esses planos estabelecem a meta de, até 2024, oferecer educação em tempo integral em, no mínimo, 50% das escolas públicas e atender, pelo menos, 25% dos alunos da Educação Básica.

O resultado disso é que as escolas de tempo integral tiveram uma pontuação 63% maior do que as escolas regulares, é o que aponta Um estudo do Instituto Sonho Grande e Instituto Natural baseado no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador da Educação no país.

Ainda de acordo com o estudo, os alunos das escolas de tempo integral também obtiveram melhor desempenho em Língua Portuguesa e em Matemática nas provas do Ideb.

Metodologia de ensino dos Cepi

O objetivo do Cepi é o desenvolvimento integral do estudante, em todas as suas dimensões (intelectual, física, emocional, cultural e social). A jornada escolar é de 7 ou 9 horas por dia, preenchidas com aulas e atividades práticas, como experimentos em laboratório, projetos científicos e clubes juvenis.

Os Cepis seguem metodologias e disciplinas diferentes das escolas regulares. Além das matérias obrigatórias, como Língua Portuguesa, Matemática e Química, os estudantes podem ter aulas de empreendedorismo, robótica, culinária, games e outros temas. Essas matérias optativas, chamadas de eletivas, são escolhidas pelos alunos no início do ano, de acordo com seus interesses e afinidades.

A escola de tempo integral de ensino médio também possui uma matéria específica para o autoconhecimento e planejamento para o futuro: o Projeto de Vida.

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Desmonte no Inep: 13 gestores pedem demissão às vésperas do Enem

Marcado para os dias 21 e 28 de novembro, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2021 está sendo organizado por um órgão do Ministério da Educação que atravessa profunda crise, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os servidores estão em pé de guerra com o presidente da instituição, Danilo Dupas. Desde a semana passada, há um processo de desmonte da estrutura e saída de gestores técnicos de seus cargos. Nesta segunda-feira (8/11), 13 coordenadores pediram exoneração de seus cargos comissionados.

Na última quinta-feira (4/11), grande parte dos servidores do Inep deixou o trabalho para participar de um ato de protesto contra Dupas, acusado por eles de assédio moral e incompetência.

“O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e os Censos da Educação Básica e da Educação Superior estão em risco, em razão das decisões estratégicas que estão sendo adotadas no âmbito da Presidência do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)”, diz comunicado divulgado pelos representantes dos servidores.

Na sexta (5/11), o coordenador-geral de exames para certificação do Inep, Eduardo Carvalho, e o coordenador-geral de logística da aplicação, Hélio Junio Rocha Morais, pediram exoneração.

Mais gestores planejavam seguir o exemplo, transformando a demissão coletiva em mais um ato de protesto, mas a comoção em torno da morte da cantora Marília Mendonça adiou os planos. Nesta segunda, vieram os pedidos.

Já assinaram pedido de exoneração de seus cargos os servidores Samuel Silva Souza, Camilla Leite Carnevale Freire, Douglas Esteves Moraes de Souza, Patricia da Silva Honório Pereira, Dênis Cristiano de Oliveira Machado, Alani Coelho de Souza Miguel, Natalia Fernandes Camargo, Gizane Pereira da Silva, Marcela Guimarães Côrtes, Vanderlei dos Reis Silva, Nathália Bueno Póvoa e Hélida Maria Alves Campos Feitosa.

O documento assinado cita como justificativa “a situação sistêmica do órgão e a fragilidade técnica e administrativa do Inep”. O texto diz ainda que “não se trata de posição ideológica ou de cunho sindical” e que os servidores reafirmam “o compromisso com a sociedade de manter o empenho com as atividades técnicas relacionadas às metas institucionais estabelecidas em 2021”.
Os problemas do Inep

A gota d’água que motivou a mobilização dos servidores do Inep contra a presidência do órgão foram duas portarias publicadas no Diário Oficial da União. A primeira, dispensa o presidente da autarquia de participar de tomadas de decisões. A outra, minuta número 0797841, o exime de integrar a Equipe de Tratamento de Riscos e Incidentes (Etir) de Brasília.

O Etir de Brasília é o colegiado responsável por resolver problemas no momento em que ocorrem as avaliações coordenadas pelo órgão.

Segundo os servidores, os textos das portarias 371, de 19 de agosto, e 452, de 3 de setembro, estão sendo usados por Danilo Dupas para delegar ao chefe de gabinete algumas atribuições do comando do órgão. Além disso, a minuta o desobriga de bater o martelo na hora de resolver problemas do Enem e do Enade.

Para os funcionários, Dupas, que veio da iniciativa privada, não sabe nem sequer lidar com as responsabilidades de um gestor público.

A atitude do presidente está sendo interpretada ainda como fragilidade no cargo e indicativo de que ele não quer se comprometer com as provas, pois sabe que está prestes a deixar o comando do órgão.

Dupas Ribeiro é o quinto presidente do Inep em três anos de governo do presidente Jair Bolsonaro. Nesse período, houve uma debandada de servidores em cargos de direção.

Os servidores apontam esvaziamento e desmonte do órgão. Em abril deste ano, ex-ministros da Educação e ex-presidentes do órgão denunciaram “apagão educacional” e criticaram o troca-troca no comando do Inep.
Preocupação com o Enem

Presidente da Frente Parlamentar Mista da Educação, o deputado federal Professor Israel Batista (PV) afirma que o desmonte no Inep traz insegurança em relação ao Enem, que tem 3,1 milhões de inscritos em todo o país.

“É uma prova complexa, exige muita dedicação e a presidência do Inep não tem se dedicado de maneira adequada, aparentemente. Tanto que há esse protesto dos servidores, insatisfeitos com a gestão. Então, pode haver problemas de ordem logística, por exemplo, e pode não dar tempo de resolver. Nos traz bastante preocupação, pois pode haver um colapso na véspera da prova”, afirma o parlamentar.

A direção do órgão ainda não se posicionou.


#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Caiado cria o Bolsa Estudo de R$ 100 mensais para estudantes do Ensino Médio



O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou a criação de uma bolsa de R$ 100 por mês para todos os alunos do Ensino Médio da rede estadual de Educação. O intuito é de incentivar os jovens a continuar na escola. A bolsa vai contemplar estudantes que se formam em 2021, 2022 e 2023. O benefício será pago entre fevereiro e junho e entre agosto e dezembro.

A expectativa é a de que o benefício chegue a 218 mil estudantes só neste ano. No orçamento de 2021, a previsão é de investimento na ordem de R$ 21,8 milhões. Já para os dois próximos anos, haverá reserva de R$ 233,2 milhões e R$ 248,6 milhões.

O governador, que reconhece a evasão escolar como realidade no fim do ensino fundamental para o início do médio, se pronunciou sobre o projeto. “Todo jovem do Ensino Médio vai receber R$ 100 por mês para mantê-lo dentro da atividade escolar. É um incentivo por parte do governo. Ele terá que estar presente às aulas e dentro das regras estabelecidas pela Educação, para ter o benefício.”

A matéria ainda precisa passar em duas votações na Assembleia Legislativa (Alego). O governo estadual enviou a proposta nesta quarta-feira (3), com expectativa de aprovação ainda neste mês para valer em dezembro.

Fonte: Mais Goiás

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Enem 2021: ‘Maior Aulão de Goiás’ tem inscrições de todos os estados do país; veja como participar

Quase 14 mil estudantes já fizeram cadastro para ter acesso ao simulado e apostila. Evento será transmitido pelo g1, de graça, nos dia 6 e 7 de novembro.

O Maior Aulão de Goiás tem inscrições de estudantes de todos os estados do país e do Distrito Federal. Até esta terça-feira (2), quase 14 mil alunos já tinham se cadastrado para ter acesso aos simulados e também à apostila com conteúdo preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médico (Enem).

Os locais com mais alunos inscritos são, na seguinte ordem:

  • Goiás;
  • Tocantins;
  • Distrito Federal;
  • Maranhão;
  • Minas Gerais.

Logo após finalizar o cadastro, o simulado é disponibilizado para o aluno. São 60 questões, divididas em 15 perguntas por área de conhecimento. A correção dele será disponibilizada em vídeos na próxima quinta-feira (4).

O projeto, feito desde 2018, é uma realização do Grupo Jaime Câmara, com parceira da PUC Goiás e apoio do Colégio Teo e PUC TV. O aulão será transmitido pelo g1, das 8 às 13h, com tradução simultânea em Libras.

A apostila será distribuída no dia 7 de novembro. O Enem acontece nos dias 21 e 28 de novembro. Na primeira etapa, os alunos vão responder perguntas sobre Ciências Humanas e Linguagens. No fim de semana seguinte, de Ciências da Natureza e Matemática.

Cronograma

4/11 – Disponibilização de videoaulas com a correção de cada questão do simulado de diagnóstico
4/11 – Disponibilização de 20 videoaulas com os cinco conteúdos de maior destaque em cada matéria
6/11 – O Maior Aulão de Goiás – linguagens, ciências humanas e redação
7/11 – O Maior Aulão de Goiás – matemática, biologia, física e química. No dia também será disponibilizado o e-book do evento, com 40 páginas abordando cinco conteúdos de cada matéria
8/11 – Simulado de ciências humanas e linguagens
9/11 – Simulado de ciências da natureza e matemática
10/11 – Videoaula de correção do simulado de ciências humanas e linguagens
11/11 – Videoaula de correção do simulado de natureza e matemática
21/11 – Primeiro dia de prova do Enem
28/11 – Segundo dia de prova do Enem

#REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

Escolas municipais receberão cabine da higienização contra a Covid-19 | RP



A Secretaria Municipal de Educação juntamente com a Prefeitura, iniciou a instalação das 35 cabines de higienização que serão instaladas nas Escolas municipais.

A Escola Jorge Amado já foi contemplada, e as outras unidades escolares também receberão o equipamento, que contém duas pias com torneiras, dispositivo de sabão líquido e papel toalha, para que os alunos façam corretamente a higienização das mãos nas escolas quando houver o retorno das aulas presenciais.

O prefeito Delegado Cristiomário, a Secretária Eliete Ferreira e o vereador Lincon estiveram acompanhando a instalação do primeiro equipamento.

REDEPLAN •| Aconteceu, virou notícia!

ITEGO anuncia cursos online e gratuitos em Planaltina-GO | RP

A Prefeitura de Planaltina Goiás informa que o Instituto Tecnológico do Estado de Goiás (ITEGO) realizará cursos de capacitação e qualificação profissional online e gratuitos.



Para efetuar a inscrição, selecione no campus “qualificação” a cidade “Planaltina” que está no link disponibilizado abaixo. Confira mais informações:

Liderança e Gestão de Pessoas:

– Encerramento das matrículas: 25/01/2021
– Período de realização dos cursos: 01/02/2021 à 10/03/2021
– Carga horária: 100 horas
– Uso de plataforma online
– Cursos com certificação
– Segunda à Sexta
– Inscrições: http://itego.com.br/stoantonio/processo-seletivo/edital-083-2020/

Secretariado:

– Encerramento das matrículas: 18/01/2021
– Período de realização dos cursos: 25/01/2021 à 31/03/2021
– Carga horária: 180 horas
– Uso de plataforma online
– Cursos com certificação
– Segunda à Sexta
– Inscrições: http://itego.com.br/stoantonio/processo-seletivo/edital-082-2020/http://itego.com.br/stoantonio/processo-seletivo/edital-082-2020/


REDE PLAN • Aconteceu, virou notícia.


Prefeito autoriza volta às aulas presenciais nas escolas particulares este mês | RP

Na manhã desta terça-feira (05), foi assinado pelo prefeito de Planaltina-GO, Delegado Cristiomário, o decreto que libera o retorno das aulas presenciais nos colégios particulares, em regime híbrido e facultativo nos níveis infantil, fundamental e médio. Porém, isso só ocorrerá se forem obedecidos os rigorosos critérios estabelecidos pelos protocolos sanitários da Secretaria Estadual de Saúde (SES). Aulas retomam entre o dia 14 e 22 de Janeiro na rede privada.

Os pais dos alunos da rede privada é quem vai decidir se irão enviar os alunos pra escola ou continuarão tendo aulas online, sendo que as duas opções permanecem, sendo assim, poderão ter aulas online ou presencial, ficando a critério dos pais decidir se este é o melhor momento para que os filhos voltem para a escola, ou que permaneçam estudando dentro de casa.

Na rede pública, ainda não há previsão de retorno das aulas presenciais, já que há a dificuldade das medidas sanitárias serem seguidas a risca dentro das unidades públicas de ensino.

O decreto assinado hoje que permite as aulas presenciais na rede privada, já era bastante esperado pelos donos de escolas particulares e categoria, que passam dificuldades financeiras causadas pela pandemia.

Fotos: Colégio Moraes Guarberto

REDE PLAN | Aconteceu, virou notícia.


DPE-GO fará audiência para medir repercussão da não retomada de aulas presenciais | RP

A Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO) realizará, na próxima segunda-feira (31/8) uma audiência pública com o objetivo de promover um debate e levantar informações quanto às repercussões da não retomada das aulas presenciais nas instituições de ensino públicas e particulares do estado, assim como os impactos dessa medida na vida das famílias e dos alunos que se encontram em situação de vulnerabilidade, considerando o atual contexto da pandemia da covid-19.

Conforme informações veiculadas pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), a reunião será virtual e poderá ser acompanhada, ao vivo, das 14 às 16h do dia 31/8 pelo site e pelas redes sociais da Defensoria Pública. O link da audiência estará disponível no site da DPE-GO.

Além disso, também haverá espaço para ouvir a opinião da sociedade civil. Os interessados em participar poderão se inscrever por meio dos links disponibilizados nas redes sociais da DPE-GO ou procurar pessoalmente a sede administrativa do órgão. A confirmação da participação será encaminhada por e-mail até a próxima sexta-feira (28/8).

A DPE-GO vai disponibilizar, no horário da audiência pública, um espaço na sede administrativa do órgão para que as pessoas possam participar. Mas para isso é necessário fazer uma solicitação prévia. O pedido deve ser formalizado até a sexta-feira, 31/08.


REDE PLAN • Aconteceu, virou notícia.


Com pandemia, professora leva aulas online de forma descontraída para crianças | RP

Professora há 23 anos, apaixonada pela profissão, Luciana do Nascimento Marques, a Tia LU como é chamada pelas crianças, leciona no 1º Ano do ensino fundamental na Escola Municipal Cora Coralina.

Tia Lu tem se reinventado, e em tempos tão difíceis, onde pela primeira vez não pôde estar perto de seus alunos, em virtude de uma Pandemia, ela diariamente leva alegria e descontração para seus pequenos, através de aulas lúdicas e dinâmicas. A cada dia uma história, uma canção, um teatro, e um novo personagem surge nas aulas remotas da Tia Lu, que tem trazido ânimo, empolgação e muitas gargalhadas e aprendizagens para a criançada e suas famílias, pois até os pais ficam na expectativa, e adoram assistir suas aulas!

Com muito bom humor, disposição e empatia ela tem proporcionado grandes reflexões, lições e expectativas positivas, para todos que a acompanham.

A Tia Lu representa muitos dos professores do nosso município que se reinventam a cada dia na busca de novos caminhos e possibilidade de aprendizagem, de forma humana, responsável e solidária, fazendo da educação, mesmo à distância, a mais poderosa arma para enfrentarmos qualquer desafio!

Parabéns Tia Lu!

Colaboração: Michele Marques

Publique-se 28/Agosto

Rede Plan – CNPJ: 38.236.891/0001-52


REDE PLAN • Aconteceu, virou notícia