A história de Planaltina Goiás | RP

A formação da antiga Planaltina data do século 18, época ainda da exploração aurífera na então província de Goiás. A região era ponto de passagem da Estrada Real, principalmente para escoamento do ouro retirado das minas goianas. Mais de um século depois, já em 1917 foi criado o município de Planaltina. Mas na década de 50 do século passado o destino da cidade foi modificado pela cessão de terras goianas para a construção da nova capital do Brasil.


Veja o vídeo com relato de pioneiros de Planaltina Goiás Veja

O território do Distrito Federal obteve direitos sobre um grande espaço de terra, que teve que ser dividido: parte da área ficou com o Distrito Federal e se tornou cidade satélite e a outra parte, continuou em Goiás. Nessa partilha, o Estado saiu perdendo: a Planaltina goiana teve que recomeçar do zero, já que a cidade que existia de fato ficou no Distrito Federal.


Um fazendeiro teve suas terras escolhidas para abrigar a nova sede do município. Para não ter a fazenda desapropriada e ficar no prejuízo, ele negociou com a prefeitura e em troca da área recebeu 2 mil lotes, onde os primeiros prédios, tanto públicos, como as casas dos primeiros moradores, foram feitos de madeira. No dia 21 de abril de 1960 foi inaugurada a nova sede de Planaltina, a partir daí figurando como município do estado de Goiás.


Em 1968, o fundador da cidade, Joaquim Gonçalves, resolveu se candidatar à prefeitura. Foi eleito e só aí a cidade começou a receber alguns benefícios, como água tratada, e em 1976 veio a energia elétrica. E só no início da década de 80, as ruas de Planaltina receberam asfalto. Depois disso, lentamente, o desenho de Planaltina foi ficando mais parecido com o de uma cidade. Mesmo assim os serviços ainda eram precários.


Alguns moradores que nasceram ou se mudaram há muito para Planaltina se lembram que no começo a cidade era conhecida como Brasilinha, mas que ao contrário da capital federal que recebia toda infraestrutura, o município era só precariedade. Aos poucos esta realidade foi mudando. Hoje a cidade já oferece uma boa infraestrutura. O comércio cresceu e conta com lojas pequenas, médias e também com as maiores redes do país e já faltam imóveis para quem quer abrir empresas por aqui.


Outro grande potencial ainda inexplorado da cidade é o turismo ecológico. Premiada por belezas naturais ainda desconhecidas dos goianos, agora é que Planaltina está começando a compreender que a natureza pode ser uma aliada na solução de problemas da cidade.

 FONTE: Goiás de Norte a Sul

IMAGEM: Reprodução/Facebook/JoãoPauloCurado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s