Arquivo da categoria: ESPORTE

Jornal internacional destaca jogador do Planaltina Esporte Clube | RP

O site internacional Maxinews24.com do grupo de jornalistas nigerianos, divulgaram nesta semana uma matéria em seu site em que destaca o jogador Emmanuel Chimaobi, Nigeriano que faz parte do elenco profissional do Clube de Planaltina Goiás desde 2018, quando chegou ao PEC – Planaltina Esporte Clube.

Após o término do campeonato candango da segunda divisão, Chimaobi passou por emprestimo pelo Tigres do Rio de Janeiro, e retornou ao PEC a pouco mais de dois meses.
O Nigeriano vem se aprimorando a cada dia e se familiarizado com o nosso idioma. Dentro do grupo, foi abraçado e diz se sentir em casa próximo dos companheiros.

Em sua entrevista ao Maxinews24.com, chimaobi fala do prazer de fazer parte da família PEC e de como está sendo bem acolhido pela instituição.

Com ótimo desempenho nos jogos da pré temporada 2019, o jogador assinou um contrato de empréstimo e vai disputar o campeonato Baiano da segunda divisão pelo Gálicia Esporte Clube, time da capital e tri campeão baiano da primeira divisão, e que este ano vem trabalhando firme para retornar à elite do futebol baiano.
Chimaobi dividirá o quarto com o atleta Maurílio (Moura do PEC) que tambem assinou contrato por empréstimo, e defende o Gálicia nesta temporada.

Moura foi destaque na segunda divisão do DF, chegando a realizar assistência para seis dos sete gols marcados pela equipe durante o campeonato, além de ter anotado o dele.

A diretoria do PEC continua trabalhando forte, com o objetivo de tornar o clube reconhecido dentro e fora do Brasil, além de se tornar uma forte referência do futebol do Distrito Federal.

Não foi realmente fácil conduzir a minha carreira no futebol, depois de viver o meu clube de infância na Nigéria, o Mahaniam FC de Abuja.

Eu fui abocanhado pelo Planaltina aqui no Brasil, e tem sido mais desafiador entender a natureza do futebol nessa parte do mundo.”

Ele explicou mais sobre sua atuação no Campeonato Sub 20 de Campeonato “É claro que o Planaltina Esporte Clube está na divisão principal da liga brasileira. Cheguei aqui quando a janela estava quase fechada, mas a gerência acreditava em meu talento inato no futebol, então eu estava inscrito para participar do ápice e do Campeonato Júnior também ”.
Até o momento em que a liga principal começa, eu até agora já marquei um gol em três partidas consecutivas disputadas pelo time sub-20 do Planaltina; e eu continuaria me preparando para as tarefas maiores quando a liga suprema começar em poucos meses ”, afirmou.

O energético meio-campista de 20 anos, Chimaobi Emmanuel, participou do 5-1 Demolition of EC SAO JOAO e até registrou um gol em seu nome. O futebolista criativo nascido no estado de Imo, também deu cinco estrelas contra o Famosa esporte clube que terminou 2 todos os empate, como ele gostava de pequenos minutos em sua derrota 2-1 para Ceifando esporte clube. Cumulativamente, o antigo jogador do Mahaniam FC, abriu o caminho com 225 minutos no Campeonato Brasileiro de Sub-20.


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Fonte: Planaltina Esporte Clube

Planaltina Goiás e Formosa brigam pela Rampa do vôo livre; é de qual cidade afinal? | RP

Há mais de 30 anos, campeonatos nacionais e internacionais de voo livre são realizados em um território localizado entre os municípios goianos de Planaltina Goiás e Formosa, a pouco mais de 80km de Brasília. No entanto, uma disputa pela área ameaça as competições promovidas na Rampa de Voo livre do Vale do Paranã.

A briga começou quando o dono do terreno começou a cercar o lugar e removeu a estrutura onde os atletas se reuniam. A Prefeitura de Formosa entrou com uma ação de desapropriação contra ele alegando que a área é de interesse público. Mas a Prefeitura de Planaltina Goiás afirma que o terreno está na área do município.

O advogado José Menck, que representa a Fazendas Reunidas Belmonte, garante que a área está em Planaltina Goiás e que ela está registrada no município. Herdeiro do terreno, ele diz que a terra pertence à família desde 1959. “Meu pai, que comprou a fazenda, era piloto e apaixonado por aviação. Por isso, cedia a área para as competições de voo livre serem realizadas”, contou.

Menck afirma que decidiu cercar o terreno porque a realização dos campeonatos está degradando a fazenda. No entanto, ele afirma que não quer impedir os campeonatos. Menck pretende entrar em acordo com a Associação de Voo Livre de Brasília (ABVL) para que eles garantam a preservação do lugar e estabeleçam rotina de funcionamento, como controle de entrada e saída de pessoal.

Importância

Presidente da ABVL e piloto de parapente há oito anos, Adauto Oliveira garante que o local é cuidado pelos atletas. “Se a situação não se revolver, será uma perda imensurável para o esporte. Não apenas para quem mora no Distrito Federal ou no Brasil, mas para o mundo todo. A rampa é reconhecida como um dos melhores locais do país para se praticar voo livre. Com a busca, há o fomento na economia local de hotéis, restaurantes e de pontos turísticos, por exemplo”, destaca o presidente da ABVL.

No ano passado, a rampa de voo livre do Vale do Paranã recebeu duas competições importantes organizadas pela entidade. Em julho, ocorreu a 1º etapa do Campeonato Brasileiro de Parapente e, entre em agosto e setembro, recebeu o Campeonato Brasileiro e Internacional de Asa Delta. “Além de sermos referência, a nossa rampa tem um diferencial. É o único local no mundo onde o piloto decola de uma rampa e pousa no quintal do presidente, ali, na Praça dos Três Poderes”, destaca Oliveira.

A disputa territorial coloca em risco a demanda de atletas na alta temporada de voo livre na capital, entre junho e setembro, quando cerca de 2 mil pilotos de todo o mundo passam pela rampa, de acordo com a ABVL. É nesta época que acontecem os campeonatos. “Inscrevemos a rampa para o Campeonato Brasileiro de Parapente, que deve acontecer em agosto e setembro. Com toda a situação, ficamos temerosos com o que pode ocorrer”, lamenta Oliveira.

“Ela é o santuário do voo livre do Brasil. Tem especificidades tão belas que qualquer estrangeiro entra em êxtase com a possibilidade de voar aqui”, é assim que o piloto de asa delta Leandro Rezende Souza, 30 anos, define a Rampa do Vale do Paranã. O publicitário e morador de Taguatinga pratica o esporte há oito anos.

Desapropriação

Em 3 de julho de 2018, o então prefeito de Formosa, Ernesto Roller, assinou o Decreto nº 1.837, que visa à desapropriação administrativa da área em favor do município em um prazo judicial de cinco anos a partir da data de publicação da ação. O argumento para o pedido se baseou no decreto lei 3.365, de 21 de junho de 1941, que “dispõe sobre desapropriação por utilidade pública”, considerando que “mediante declaração de utilidade pública, todos os bens poderão ser desapropriados, pela União, pelos Estados, Municípios, Distrito Federal e Territórios.”

O artigo 1º do projeto estipula, “para fins de desapropriação, em favor do município, a área localizada no Vale do Paranã. (…) Atualmente com a denominação fazenda Córrego do Barreiro, em razão da utilização turística e desportiva da Rampa de Voo Livre, com área total de 7,5702 hectares”’.

Em parágrafo único, o documento ressalta que a área de desapropriação está “escriturada e registrada no Cartório de 1º Ofício de Registro de Imóveis da Comarca de Formosa, no Livro de Transcrições das Transmissões”. Nos artigos 2 e 4, o decreto frisa que o município de Formosa poderá pagar pela propriedade, desde que seja pelo preço justo do imóvel.

Disputa judicial

José Menck não reconhece validade na ação do município de Formosa, porque, segundo ele, a propriedade está registrada em Planaltina de Goiás. “Temos a demarcação dos locais e vamos recorrer sobre essa desapropriação”, garante o herdeiro. Inicialmente, a prefeitura de Planaltina de Goiás afirmou que a ação de Formosa não tinha validade, pois o terreno era privado e fazia parte do município. Mas, agora, o diretor do Departamento de Receita e Tributação de Planaltina, Dgelson Dias, afirma que trabalhará com a prefeitura do município vizinho para que a área de Menck seja desapropriada.

Ao Correio, Dgelson apresentou a demarcação de terra da propriedade. Ele confirma que o local é particular, mas que a Associação de Voo Livre usa o espaço há mais de 20 anos e, por isso, entrará na Justiça com Formosa para que o proprietário ceda o espaço aos campeonatos. “As competições atraem turismo para a cidade e geram empregos. Não podemos acabar com elas e vamos tentar fazer com que os municípios trabalhem juntos para fomentar a prática”, frisou.

O superintendente de meio ambiente de Formosa, Ian Thomé, reforça a luta conjunta dos municípios. “Primeiro, queremos mostrar que a rampa está dentro de Formosa. Em seguida, vamos desapropriar a área e ceder o terreno para a Associação de Voo Livre”, afirma. Ian ainda acusa Menck de estar equivocado sobre o terreno. Ian aponta que a terreno onde a rampa está é uma Área de Proteção Permanente (APP) “Ele (o proprietário) infringiu todas as normas, tanto de supremacia territorial quanto ambiental. Agora, vamos reportar toda história ao Ministério Público e proceder com a liberação do lugar”, frisa.

Para o advogado da ABVL, Roberto de Barros Barreto, não cabe à instituição ajuizar qualquer ação contra herdeiro.“Acreditamos na competência do poder público, que analisará o interesse esportivo e turístico do local. Estamos apoiando as ações de ambas as prefeituras e aguardamos o desfecho. Desse modo, faremos o nosso direito prevalecer”, comentou.

Autorização

Para voar do Vale do Paranã e pousar no coração da capital, é preciso de uma autorização da Aeronáutica. A comunicação acontece para ter desvio no curso das aeronaves que saem do aeroporto, detalha Adauto Oliveira. “Aos sábados e domingos, conseguimos reservas para praticar o esporte. Nestes dias, os aviões mudam a área de voo para a segurança e evitar uma colisão com os pilotos”, esclarece.

Via: Correio Braziliense

REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Personal trainer oferece aulas gratuitas ao ar livre na praça central de Planaltina Goiás | RP

Quem passa pela praça central de Planaltina Goiás no início da noite fica curioso ao ver essa quantidade de pessoas praticando exercícios físicos. As aulas de treinamento funcional / Crossfit, são por conta do jovem Lucas Pedro, formado em educação física. Ele iniciou um trabalho na praça central de Planaltina Goiás que visa a qualidade de vida, lazer e incentivo à alto estima das pessoas que aderiram as suas aulas gratuitas e ao ar livre de segunda à sexta-feira à partir das 19:00h. Tem gente de todas as idades, o importante é ter uma vida saudável e sair do sedentarismo. E aí, bora?
Instagram:
@treinadorlucasoficial


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


CEU das artes do Paquetá está na fase final e em breve deve ser inaugurada | RP

As obras do CEUs das Artes do Paquetá já estão na fase final. Em breve os moradores vão se beneficiar com a Praça CEUs.

Os CEUs – Centros de Artes e Esportes Unificados – integram num mesmo espaço programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e de inclusão digital, para promover a cidadania.

Veja algumas fotos do local:


REDEPLAN aconteceu, virou notícia.


Fonte: Prefeitura de Planaltina

Ginásio poliesportivo da quadra oito Norte é recuperado após anos abandonado | RP

Após entregar o ginásio da quadra 01 Leste reformado para o uso de nossa população, o Secretário de Esportes e Lazer, Fábio Lopes, traz a notícia tão esperada dos atletas de plantão à reativação do ginásio da 08 Norte. Em suas palavras, ele diz: “Já começamos uma pintura nova, com redes novas e traves reestruturadas, trocamos a iluminação, colocamos um portão novo com mais segurança, e estamos a todo vapor para logo podermos ser entregue também para uso. Gostaríamos de deixar aqui nossos agradecimentos ao vereador Raimundo Goods, ao Secretário de Saúde Marcio da Mata, ao nosso prefeito Dr Davi, ao nosso amigo e parceiro Roberto, e a todos que colaboraram.” Disse o secretário. 

  Aos poucos, a administração consegue atender a população em seus anseios. Com muito trabalho, seriedade e compromisso responsável com a máquina pública. Parabéns ao secretário Fabio Lopes, pela visível entrega a pasta que lhe foi confiada, trabalho reconhecido por todos que acompanham de perto sua luta pela melhoria e incentivo ao esporte e lazer local. Confira abaixo algumas fotos que foram feitas pela Rede Plan há 1 ano atrás, e logo após, como está ficando a reforma:

Fotos da reforma: 


  

Planaltina Goiás vence o Santa Maria por 2×0 no campeonato Candango de Juniores | RP

Na tarde da última quinta-feira (27), o clube de Planaltina Goiás conseguiu sua primeira vitória no campeonato Candango de juniores contra o Santa Maria. 

Com a vitória, o Planaltina agora é o líder do grupo A com 4 pontos.

O próximo compromisso é na quarta-feira (2), contra o Paranoá Esporte Clube, valendo classificação.

Fonte/imagem: divulgação SESP

Planaltina Goiás anuncia desistência do Candangão 2017 | RP

A segunda divisão do Candangão 2017, prevista para começar em 13 de maio, terá um time a menos. O Planaltina/GO, rebaixado da primeira divisão em 2016, anunciou que não disputará a competição.



O pedido foi protocolado na Federação de Futebol do Distrito Federal na última sexta-feira (07). Com isso, a chave A passará a ter apenas quatro clubes. O regulamento não será alterado, com a equipe que estiver na chave B ficando de folga na rodada em que fosse enfrentar o Planaltina Goiás.


Outros dois clubes não participarão da “segundinha”. C.R. Guará e Capital não apresentaram comprovantes de quitação de débitos com a Federação e, de acordo competição, não poderão atuar na competição.


IMAGEM: Divulgação

FONTE: Esporte Brasília

Ajuda financeira prometida pelo prefeito nunca chega para clubes amadores.

“Há cerca de 03 meses o Prefeito em uma reuniao com os donos de equipes que disputam os campeonatos Amadores da cidade, Primeira e Segunda divisao, foi prometido uma ajuda financeira aos clubes, pois são eles que bancam as competições, gastos com arbitragem, premiação fora os gastos com seus clubes, feito todo o protocolo, projeto sancionado pela Câmara Municipal, certidões entregues, nosso campeonato ja teve que ser adiado duas vezes pela nao liberação do dinheiro, e hoje na prefeitura nos disseram que nao tem nenhuma previsão de quando ira sair. Parabéns senhor Prefeito pelo compromisso firmado com mais de 1.500 atletas que todos os domingos estao nos quatro cantos da cidade procurando uma forma de entretenimento, infelizmente acreditamos que agora alguem nos ajudaria, que alguem diferente estava a frente da cidade olhando por todos os setores, mais uma vez ficamos no sonho…”