Após prisão, outras cinco vítimas de Samuel já foram identificadas | RP

A Polícia Civil de Planaltina Goiás está trabalhando para concluir a investigação dos casos de estupros praticados por Samuel Alves de Sousa, 31 anos, morador do setor Norte da cidade.

Após sua prisão preventiva cumprida na semana passada, outras cinco vítimas já foram identificadas. Os Delegados Bruno Ramos e Cristiomário Medeiros, além da equipe da Delegacia de Polícia local, estão à frente do caso.

Samuel disse no depoimento, que o garoto puxou conversa com ele no Facebook, dizendo que tinha terminado com a namorada e que queria se encontrar com ele. Segundo Samuel em seu depoimento, o garoto questionou se ele era Bissexual, e que queria ficar com ele, e marcou um encontro. Após a prisão do criminoso, outras vítimas apareceram, e isso resulta em uma pena maior para Samuel, que está preso. Samuel disse ainda que um dos atos aconteceu no quarto dele.


Rede Plan aconteceu, virou notícia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s