Dívidas acumuladas são cobradas pela CELG e prefeitura fica no escuro | RP

A Prefeitura Municipal de Planaltina Goiás continua sem energia elétrica. Isso porque a companhia energética de Goiás, a CELG, foi vendida, e como não pertençe mais ao estado, as dívidas ‘acumuladas’ pelo governador agora estão sendo cobradas pela nova companhia, que está cobrando da prefeirura uma dívida que se acumulou por muitos anos, e hoje, chega na casa dos 70 milhões de reais. Sendo assim, a prefeitura e outros prédios públicos estão no ‘breu’.

A Prefeitura divulgou uma nota na última segunda-feira (30) dizendo que a dívida é milionária, e que, tentaria fazer um acordo com a CELG, pois a companhia também está devendo o município, mas não falou quanto a CELG deve.

Imagens divulgadas na internet

A CELG então fez o corte de energia na prefeitura, mas a prefeitura fez a ligação sem conscentimento da CELG, que na tarde desta terça-feira (31), desligou novamente, e retirou fios, para evitar um novo “gato”.

Agora pela manhã, moradores que precisam resolver problemas na prefeitura, podem sofrer com a falta de atendimento, pois não há energia elétrica no prédio. Procurada, a Prefeirura disse que foi feito uma liminar, que já foi aceita pela CELG, e a energia deve ser religada aina hoje.

Redator: Jefferson Xavier – Rede Plan
Anúncios