Sem gaze no ambulatório 24 horas, paciente tem que comprar com o próprio dinheiro em farmácia.

No último domingo (28), Jhon Lennon, 23 anos, sofreu um acidente de carro em Planaltina-DF, e estava tudo bem, até que pela tarde ele começou a ter sangramentos pelo nariz, boca e pelos olhos como conta a irmã, Jéssica Carlla. Ela conta que a mãe de Jhon Lennon, Dona Nair, 66 anos, levou o filho com sangramento até o ambulatório ’24 horas’, e foi informada que não havia gaze no posto para que pudesse estancar o sangramento.

Dona Nair teve que ir caminhando até uma farmácia para comprar a gaze para estancar o sangramento do filho. Ela conta ainda que ao chegar no HSRC – Hospital Santa Rita de Cássia, foram informadas que as duas ambulâncias estavam em Goiânia-GO e que o SAMU não poderia fazer o deslocamento do jovem até o hospital do DF. 


Jhon Lennon que é cabo do Exército, foi levado em carro particular ate o HFA – Hospital das Forças Armadas, que fica no Cruzeiro novo, Brasília. Jéssica publicou em rede social sua indignação com o caso e fez um apelo aos candidatos a Prefeito de Planaltina-GO: “Espero que quando ganharem seus tão sonhados votos, que resolva a situação da saúde”, disse.

Anúncios