Hospital Santa Rita está sempre lotado, com poucos médicos e precário| RP

Não é de hoje que a saúde em Planaltina Goiás anda ruim, mas a expectativa da população após a posse do novo prefeito da cidade, era de que a situação fosse melhorar um pouco mais por ele ser médico e ter conhecimento do caos que é a saúde e sua importância pra toda a população. Mas as reclamações não param, e a indignação da população é gigantesca, ainda mais quando postos de saúde foram fechados.


Uma das soluções para desafogar o Hospital Santa Rita de Cássia é a (UPA) Unidade de Pronto Atendimento que fica no Jardim Paquetá, mas que mesmo após sua reforma ainda na administração do ex-prefeito Eles Reis, nunca foi inaugurada, faltando apenas equipamentos. Além da UPA, as (UBS) Unidade Básica de Saúde e o posto 24h poderiam ser mais eficientes para ajudarem a suprir a demanda de pacientes em casos mais simples 


Em um vídeo gravado e divulgado em redes sociais (ASSISTA AQUI) mostra o caos dentro do hospital. Dezenas de pacientes aguardam na fila de triagem durante toda a noite e ficam revoltados com a situação. Pacientes alegam que pacientes chegam a desmaiar dentro do hospital durante a longa espera, e que alguns médicos fazem pouco caso con a situação.


Nós selecionamos algumas opiniões de internautas sobre a saúde pública da cidade, veja;










São tantos comentários e relatos que não podemos colocar todos nesta matéria, mas já é o suficiente para se ter uma ideia da revolta da população que paga imposto e quando precisa do serviço público é tratado desse jeito.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s