Arquivo da categoria: CIDADES

Criança desaparecida é encontrada em boca de fumo em Planaltina Goiás | RP

Quando em patrulhamento, a equipe da viatura 9165 (Cabo Sanches, Cabo Amorim, Soldado Landerson) receberam informações da Polícia Civil do DF 16°DP de que uma criança moradora de Planaltina-DF estava desaparecida há 3 dias e que possivelmente estaria escondida no bairro Jardim Paineiras em Planaltina-GO. 


Diante das informações, deslocaram juntamente com a equipe da PCDF e viatura PMGO 9168 ao suposto local, onde após realizarem o cerco e adentramento, foi possível localização em um barraco de um comodo ‘A.C.’ de 13 anos. Com ela estava ‘L.’ tambem de 13 anos moradora de Sobradinho DF. Ambas estavam com vulgo ‘Pivetão’ (27 anos).


 As crianças foram encontradas com marcas no pescoço e sem se alimentar. Segundo relato das vítimas as mesmas fugiram de casa e procuraram abrigo no local; que vendiam drogas em troca de favores. O vulgo ‘pivetão’ tem várias passagens por tráfico de drogas. No local foi encontrado 6 porções de maconha, 2 pedras de crack e alguns pinos vazios para armazenar cocaína e objetos de procedência duvidosa.

 O maior foi conduzido a Central de Flagrantes em Formosa/GO e foi atuado por corrupção de menores e tráfico de drogas.

VIATURA PMGO 9165:

CABO SANCHES

CABO AMORIM

SOLDADO LANDERSON


APOIO:


PCDF:

DJANGO WALLACE

ITALO MEIRA

LUIZ LYRA

OSWALDO HARGER


VIATURA 9168 PMGO:

CABO MENDONÇA

SOLDADO PEREZ


IMAGEM: Divulgação

TEXTO: PMGO

C. de Bombeiros recebe doações para vítimas de chuvas em Alagoas e Pernambuco | RP

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) está mobilizado para receber doações para as vítimas da tragédia causada pelas fortes chuvas em Alagoas e Pernambuco. A campanha do governo de Estado foi batizada de ‘Goiás Solidário’. 


As doações serão recebidas até o dia 13 de Junho. Alimentos não-perecíveis (arroz, feijão, açúcar, óleo, leite em pó, farinha de mandioca e macarrão) e cestas básicas podem ser entregues no posto de arrecadação que está funcionando na Prefeitura Municipal de Planaltina Goiás (em horário de expediente), na sala do Corpo de Bombeiros Militar. Nas outras cidades o CBMGO recebe nos quartéis do CBMGO espalhados por todo o Estado de Goiás. 


Um posto de arrecadação também está funcionando na Prefeitura Municipal de Planaltina Goiás (em horário de expediente), na sala do Corpo de Bombeiros Militar.

Os bombeiros militares contam com o apoio da comunidade goiana e da imprensa para a divulgação da campanha. A corporação recomenda certos cuidados para quem pretende fazer as doações, como, por exemplo, o fato de que os alimentos devem estar dentro do prazo de validade e com a embalagem intacta. A intenção da mobilização é despertar a solidariedade das pessoas e ajudar as milhares de vítimas das chuvas dos últimos dias.

 

Devido aos danos causados pela chuva, cidades de Alagoas e Pernambuco estão em situação de emergência. O grande volume de chuva que atingiu Pernambuco, nos últimos dias, causou enchentes e transtornos em mais de 20 municípios e afetou também o sistema de abastecimento de água do estado. Na capital alagoana, Maceió, a forte chuva provocou mortes por soterramento e deixou centenas de pessoas desalojadas. Há milhares de desabrigados e desalojados que contam agora com a solidariedade do povo brasileiro. 

  

Goiás Solidário

Mais informações: (61) 3637-8398 ou 193


IMAGEM: Reprodução/Facebook

FONTE: Prefeitura de Planaltina

‘Goiás na Frente’ em Plan-GO: Prefeito é vaiado e governador faz novas promessas | RP

O governador Marconi Perillo e o vice-governador José Eliton, estiveram na última sexta-feira (19) em Planaltina Goiás com o programa ‘Goiás na Frente’ onde foram recebidos pelo prefeito ‘Dr. Davi’ e demais prefeitos da região do entorno Norte, secretário de Governo Tayrone di Martino e demais secretários, do deputado Federal Giuseppe Vecchi, deputados estaduais, vereadores de toda a região, lideranças políticas e religiosas no encontro regional do programa Goiás na Frente, onde aconteceu as assinaturas de ordens de serviços do programa.

Foram anunciadas obras na região que tem a composição de sete municípios: Água Fria de Goiás, Cabeceiras, Formosa, Mimoso de Goiás, Padre Bernardo, Planaltina e Vila Boa.


Na área de habitação, o Goiás na Frente irá investir R$ 24,6 milhões para construção de 736 unidades habitacionais, em parceria com o governo federal e as prefeituras. Nos municípios de abrangência da região do Entorno Norte, o Governo de Goiás já viabilizou o investimento R$ 23,4 milhões em construção e reforma de 2.225 unidades habitacionais, além de equipamentos comunitários.


Planaltina será atendida com a construção de um presídio com 388 vagas o investimento na unidade prisional de Planaltina e na da cidade de Formosa, somado, será de R$ 31 milhões. Planaltina também receberá 117 casas, duas quadras esportivas cobertas e uma Escola Padrão Século XXI.


Na região do Entorno Norte, que conta com sete municípios, a Agência executará a pavimentação de quatro rodovias, com extensão total de 130 quilômetros, bem como a restauração de outros dois trechos, com mais 60 quilômetros.



O Prefeito de Planaltina Goiás, Dr° Davi não foi bem recebido no palco ao ter o nome anunciado, e foi vaiado e demonstrava estar nervoso.


Manifestação na próxima segunda-feira (22) em Planaltina Goiás cobrará melhorias | RP

Uma manifestação está marcada para a próxima segunda-feira (22) em Planaltina Goias. 
A manifestação é organizada por comerciantes locais, empresários e representantes de classes, e deve ter início às 14:30 no posto de combustível do Itapuã em direção à Prefeitura Municipal em carreata.


Segundo eles, a manifestação será em prol de melhorias do serviço prestado pela prefeitura, da operação tapa buracos, e outras melhorias reivindicadas.


O atual Prefeito de Planaltina Goiás, Dr° Davi, diz que o município não tem verbas para realizar obras, tanto que no início do ano foi decretado estado de emergência no município. Durante a participação do Prefeito no programa ‘Goiás na Frente’ na última sexta-feira (19) com presença do Governador de Goiás, Marcone Perillo, Dr° Davi foi muito vaiado enquanto falava e aparentava estar muito nervoso.

Vetado projeto que acaba com Horário de Verão em Goiás | RP

Foi vetado de forma integral pelo governador Marconi Perillo, o projeto de autoria do deputado Luís César Bueno, relativo ao fim do Horário de Verão, no Estado de Goiás.O Veto foi baseado em um parecer técnico da Procuradoria Geral do Estado. Foi destacado pelo governo que a inclusão do estado no horário de verão está dentro de uma legislação federal e neste caso, não cabe ao Estado, por conta própria, decidir pela mudança.


O veto já foi encaminhado para a Assembleia Legislativa que vai analisar a decisão. Em tese, os deputados ainda podem derrubar o veto. Mesmo o projeto tendo sido aprovado de forma unânime na Casa, é pouco provável que o veto seja derrubado, já que o governador Marconi Perillo tem ampla maioria. Tem o apoio de 30, num universo de 41 parlamentares. Vale ressaltar que o projeto do deputado recebeu parecer favorável das Comissões e foi aprovado por unanimidade nas duas votações em plenário.


Questionamentos


O autor da proposta, Luís César Bueno questionou o veto do governador ao projeto. Para ele, os estados e municípios é quem determina os horários de funcionamento das atividades econômicas no seu território, e, portanto não pode ser fixado por meio de um decreto. É necessário uma Lei Federal. Esta, ainda não existe.


Luís César Bueno ainda acredita que a proposta de acabar com o horário de verão em Goiás vai somar as outras iniciativas que estão paralisadas no Supremo Tribunal Federal que questiona a validade do decreto que fixa o horário de verão no Brasil.


FONTE: Diário de Goiás
IMAGEM ILUSTRATIVA

Cidades do entorno do DF podem se tornar um novo estado brasileiro | RP

As cidades do Entorno do Distrito Federal poderão tornar-se um novo estado brasileiro. Isso porque a Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia da Câmara dos Deputados aprovou nesta semana um projeto que prevê a convocação de um plebiscito para que a população decida sobre a criação do novo território.


De acordo com o Projeto de Decreto Legislativo 246/15, apresentado pelo deputado Célio Silveira (PSDB-GO), o novo estado será formado por 18 cidades goianas: Abadiânia, Água Fria de Goiás, Águas Lindas, Alexânia, Cabeceiras, Cidade Ocidental, Cocalzinho, Corumbá de Goiás, Cristalia, Formosa, Luziânia, Mimoso de Goiás, Novo Gama, Padre Bernardo, Planaltina (GO), Santo Antônio do Descoberto, Valparaíso e Vila Boa.


No projeto, Silveira justifica a necessidade da criação do novo estado dizendo que a região “vivencia dificuldades, especialmente pela distância entre o centro administrativo do estado e os municípios”. “Disso resulta a prestação insuficiente dos serviços públicos de educação, saúde, saneamento, habitação, segurança e outros, com consequente deterioração da qualidade de vida. Com essa realidade a população recorre aos serviços públicos do Distrito Federal, especialmente pela proximidade dos municípios com a capital, que ficam demasiadamente sobrecarregados e onerados”, afirma. 


O relator da matéria na Comissão, deputado Paes Landim (PTB-PI), pos sua vez, avalia que os altos índices de violência e a carência de serviços e equipamentos públicos fazem com que a região do Entorno seja uma das mais problemáticas do país. “A criação do estado do Entorno pode trazer maior efetividade das ações administrativas e melhorar os indicadores econômicos e sociais da região”, justifica.


Apesar de a matéria tramitar em regime de prioridade, ainda há um longo caminho a ser percorrido. Agora, a proposta precisa ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário da Casa. Caso o plebiscito, de fato, aconteça e a população se manifeste favoravelmente à criação do novo estado, será apresentado um projeto de lei complementar para formalizar a decisão.


IMAGEM: Reprodução

FONTE: Correio Braziliense

Vice-prefeito de Águas Lindas visita Planaltina-GO para conhecer o projeto do setor de inflamáveis | RP

Na manhã da última sexta-feira (24) o vice-prefeito de Águas Lindas de Goiás Luiz Alberto, juntamente com sua equipe e Fábio Paixão, tratou de assuntos sobre o setor de inflamáveis, onde o vice-prefeito quer implantar em Águas Lindas e usar como modelo o de nossa cidade. Na ocasião, a equipe e o vereador de Planaltina Goiás, Aroldo, foi até o pesque e pague na Barrolândia, onde contou com a presença do vereador Genival Fagundes, vereador Lindomar castro, vereador Tinica, Delegado Cristiomario e Santiago Coutinho, proprietário da Empresa Coutinho Transportes que opera em Planaltina Goiás desde o início do ano.


ASSISTA A REPORTAGEM NA ÍNTEGRA: Clique aqui

IMAGENS: Reprodução


A história de Planaltina Goiás | RP

A formação da antiga Planaltina data do século 18, época ainda da exploração aurífera na então província de Goiás. A região era ponto de passagem da Estrada Real, principalmente para escoamento do ouro retirado das minas goianas. Mais de um século depois, já em 1917 foi criado o município de Planaltina. Mas na década de 50 do século passado o destino da cidade foi modificado pela cessão de terras goianas para a construção da nova capital do Brasil.


Veja o vídeo com relato de pioneiros de Planaltina Goiás Veja

O território do Distrito Federal obteve direitos sobre um grande espaço de terra, que teve que ser dividido: parte da área ficou com o Distrito Federal e se tornou cidade satélite e a outra parte, continuou em Goiás. Nessa partilha, o Estado saiu perdendo: a Planaltina goiana teve que recomeçar do zero, já que a cidade que existia de fato ficou no Distrito Federal.


Um fazendeiro teve suas terras escolhidas para abrigar a nova sede do município. Para não ter a fazenda desapropriada e ficar no prejuízo, ele negociou com a prefeitura e em troca da área recebeu 2 mil lotes, onde os primeiros prédios, tanto públicos, como as casas dos primeiros moradores, foram feitos de madeira. No dia 21 de abril de 1960 foi inaugurada a nova sede de Planaltina, a partir daí figurando como município do estado de Goiás.


Em 1968, o fundador da cidade, Joaquim Gonçalves, resolveu se candidatar à prefeitura. Foi eleito e só aí a cidade começou a receber alguns benefícios, como água tratada, e em 1976 veio a energia elétrica. E só no início da década de 80, as ruas de Planaltina receberam asfalto. Depois disso, lentamente, o desenho de Planaltina foi ficando mais parecido com o de uma cidade. Mesmo assim os serviços ainda eram precários.


Alguns moradores que nasceram ou se mudaram há muito para Planaltina se lembram que no começo a cidade era conhecida como Brasilinha, mas que ao contrário da capital federal que recebia toda infraestrutura, o município era só precariedade. Aos poucos esta realidade foi mudando. Hoje a cidade já oferece uma boa infraestrutura. O comércio cresceu e conta com lojas pequenas, médias e também com as maiores redes do país e já faltam imóveis para quem quer abrir empresas por aqui.


Outro grande potencial ainda inexplorado da cidade é o turismo ecológico. Premiada por belezas naturais ainda desconhecidas dos goianos, agora é que Planaltina está começando a compreender que a natureza pode ser uma aliada na solução de problemas da cidade.

 FONTE: Goiás de Norte a Sul

IMAGEM: Reprodução/Facebook/JoãoPauloCurado

Prefeitura divulga vídeo de operação ‘tapa-buraco’ e internautas fazem piada | RP

A Prefeitura Municipal de Planaltina Goiás divulgou hoje (13) no início da tarde em sua página no Facebook, um vídeo com fotos da operação tapa-buracos na cidade. 

O vídeo é este, e os comentários são quase 100% de críticas sobre o trabalho realizado. Veja algumas fotos:

Mas os internautas e seguidores da página da Prefeitura no Facebook não pouparam os comentários:

IMAGENS: Reprodução/Facebook/PrefeituraMunicipalDePlanaltinaGoiás